Blog

Investidor Iniciante

O que é e quais são os impactos da inflação? Descubra!

Por Fast Trade
06 julho 2022 - 12:03 | Atualizado em 27 junho 2022 - 12:04
impactos da inflação
Imagem: GettyImages

Mesmo que você nunca tenha aplicado R$ 1,00 no mercado financeiro e ainda nem saiba ao certo o que é uma aplicação, já deve ter ouvido falar sobre como a recente subida de preços, experimentada em todo o mundo, vem influenciando os investimentos. Dentro desse contexto, vale a pena entender melhor quais são os impactos da inflação.

Especialmente com a recuperação econômica depois do período mais severo da pandemia do novo coronavírus, as oscilações nos valores de produtos e serviços se tornaram muito perceptíveis, levando os governos de diversos países a tomarem medidas para conter o problema. Continue sua leitura e aprenda mais sobre o assunto!

Afinal, o que é a inflação?

Inflação é o termo usado para definir o aumento que os preços de produtos e serviços experimentam ao longo do tempo. Como indicador, ela serve para medir e direcionar decisões baseadas no quanto o valor está se elevando. Funciona, portanto, como parâmetro para vários elementos da economia de um país.

No contexto da pandemia, isso ocorreu porque, com o arrefecimento das restrições e à volta às atividades normais da população mundial, houve um grande aumento da demanda. Assim, os produtores passaram a cobrar mais caro para vender. O cenário da guerra entre Rússia e Ucrânia contribuiu para esse fenômeno, pois elevou os custos produtivos.

Quais os principais impactos da inflação?

A inflação produz impactos em qualquer pessoa, desde o indivíduo mais pobre que vai fazer suas compras no mercadinho da esquina até os enormes investidores que aplicam na Bolsa de Valores. Por isso, existem indicadores e instituições que aferem seus resultados periodicamente, como o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), feito pelo IBGE.

Como esse fenômeno diminui o poder de compra da população em geral, o ramo financeiro acaba ficando mais atrativo, como uma forma de preservar o patrimônio ao longo do tempo. No entanto, para experimentar esse benefício, é fundamental saber escolher os ativos e compor a carteira, sobretudo em um momento de grande oscilação da economia.

Como usar a inflação a seu favor?

Como dissemos, a inflação mina o poder de compra da população e, por esse motivo, os governos estão tomando medidas para contê-la. Porém, isso não quer dizer que você não possa usar o período conturbado em seu benefício, pois toda crise esconde boas oportunidades para quem tem olhos atentos, não é verdade?

Existem muitas aplicações que podem ser usadas como proteção, ajudando a manter o poder de compra no longo prazo. A maioria deles é atrelada a algum indicador, como o IPCA ou o IGP-M, outro índice inflacionário. Como exemplos, podemos citar o Tesouro IPCA+, os Títulos Privados e os Ativos de Renda Variável.

Agora você conhece os principais impactos da inflação. Para conseguir se beneficiar, o mais inteligente a se fazer é aumentar seus conhecimentos e contar com a ajuda de uma boa plataforma de investimentos na hora de escolher suas aplicações.

Gostou de aprender quais são os impactos da inflação? Então, siga os nossos perfis no Facebook, no Instagram, no YouTube e no Twitter para conferir mais conteúdos sobre o mercado financeiro!




Sobre o autor