Blog

Investidor InicianteTrader

Descubra o que é swing trade e como funciona na prática

Por thamara
27 janeiro 2022 - 14:03 | Atualizado em 27 janeiro 2022 - 15:51
swing trade
Descubra agora o que é swing trade e como funciona na prática

Entre as diversas estratégias de investimentos, uma bastante conhecida é o swing trade, que consiste na compra e venda de ações num prazo médio entre 3 e 6 dias, buscando ter uma boa rentabilidade nesse período de tempo.

Se você quiser saber mais sobre essa estratégia, quais as suas diferenças em relação ao day trade e ao position trade e as suas vantagens, leia este conteúdo até o final!

Qual a diferença do swing trade para o day trade e o position trade?

A diferença do swing trade para o day trade e o position trade está basicamente no período de tempo em que o investimento ocorre. Enquanto o day trade ocorre num prazo menor do que 24 horas, o swing trade leva em média entre 3 e 6 dias. Já o position trade pode durar de semanas a anos.

Todas essas três estratégias são bastante embasadas na análise técnica de investimentos, que busca identificar tendências de valorização ou desvalorização de um determinado ativo a partir da análise gráfica em diferentes períodos de tempo.

A fim de entender qual das três funciona melhor para você, o ideal é realizar uma autoanálise e identificar se você tem o tempo necessário para fazer análises no mercado de ações e realizar as operações diariamente ou, pelo menos, semanalmente. Além disso, veja se está disposto a adquirir bastante conhecimento, pois é necessário muito estudo para ter rentabilidade com essas estratégias, além de cautela para seguir o plano de trading.

Confira o Guia para Investidores Iniciantes que preparamos para te ajudar!

Quais as vantagens do swing trade?

O swing trade possui diversas vantagens, principalmente em relação ao day trade. Essa costuma ser uma estratégia relativamente mais fácil para conseguir rentabilidade, mas não necessariamente menos complexa. Veja as suas principais vantagens:

Mais chances de acertar na valorização

Há mais tempo para a posição se valorizar ou se desvalorizar. Mesmo que em um dia ela vá contra o seu investimento, no outro ela pode acabar se recuperando, e há a possibilidade de obter lucros a partir disso.

Menos dedicação

Você não vai precisar se dedicar diariamente, como é o caso do day trade, apenas alguns poucos dias por semana são necessários para que você realize suas operações. Afinal, você pode passar mais tempo com elas.

Quais os riscos do swing trade?

Como qualquer estratégia de investimentos, o swing trade também possui alguns riscos. Abaixo. vamos elencar os principais. Confira!

Custos

Caso você não se atente ao custo das plataformas ou da corretora que está utilizando, mesmo que tenha rentabilidade na sua estratégia, pode sofrer prejuízos por abrir diversas posições e pagar uma alta taxa de corretagem ou pagar muito caro em uma plataforma.

Dessa forma, é muito importante considerar todos esses custos e fazer uma análise da melhor corretora e plataforma de investimentos para utilizar a estratégia do swing trade.

Risco de prejuízo

Como 3 a 6 dias é um prazo curto, você pode ter prejuízos na sua operação, principalmente caso haja alguma novidade no mercado que desvalorize as ações da empresa que você comprou. Dessa forma, é importante fazer uma análise de riscos financeiros.

Para muitos, o swing trade acaba sendo uma especulação financeira, por conta de seu prazo de operação. Portanto, caso você utilize essa estratégia, deve estudar muito, analisar a melhor corretora e a melhor plataforma para seu perfil de investidor e aplicar pouco capital, principalmente no início.

Para ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro, assine a nossa Newsletter Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

 




Sobre o autor