Blog

Investidor Arrojado

Você sabe o que é nota de corretagem? Entenda como funciona!

Por Bruna Santos
06 maio 2021 - 14:03
Nota de Corretagem

A Bolsa de Valores vem sendo encarada como uma boa oportunidade de fazer dinheiro já há alguns anos, mas essa situação foi reforçada por causa da crise desencadeada pela pandemia de coronavírus. No entanto, muitas pessoas ainda desconhecem alguns assuntos do ramo. Você sabe, por exemplo, o que é nota de corretagem?

Esse é um recurso relevante e que tem diversas utilidades, principalmente para aqueles investidores que não são muito organizados e acabam tendo um descontrole das suas despesas e dos seus dividendos financeiros. Continue lendo o artigo e aprenda mais sobre o assunto!

Afinal, o que é nota de corretagem?

A chamada nota de corretagem nada mais é do que uma espécie de nota emitida por uma administradora ou corretora quando os investidores compram ações ou ativos na Bolsa de Valores. Na prática, funciona como uma nota fiscal, tendo em vista que contém as informações mais relevantes sobre a transação efetuada.

Na nota de corretagem, o investidor encontra o valor da operação, as taxas utilizadas, o percentual cobrado pela corretagem, se for o caso, além da soma total do custo. É um recurso imprescindível para quem precisa controlar melhor o seu caixa, compreender os seus lucros ou até fazer comparações na hora de investir de novo.

Como funciona a nota de corretagem?

Via de regra, a grande função da nota de corretagem é permitir que o investidor analise os valores das operações na transação ou data solicitada, possibilitando um melhor controle financeiro, como dissemos acima. Também é um recurso para avaliar as taxas, como as de corretagem fixa e as de corretagem variável.

Além disso, ela informa os preços de ações quando elas foram compradas e vendidas, o que permite checar se houve lucros, prejuízos ou até mesmo se vale a pena vendê-las no momento. É preciso fazer uma solicitação junto à corretora ou ao banco de investimentos e, às vezes, você pode conseguir a versão online, se a empresa disponibilizar.

Qual é a relação entre nota de corretagem e IR?

Existe uma tremenda relação entre a nota de corretagem e o Imposto de Renda do investidor, visto que ela também serve para esclarecer e facilitar o cálculo do imposto devido, pois permite acompanhar as movimentações diárias das aplicações, com todas as informações sobre o recolhimento e o pagamento das devidas taxações.

Somente depois de checar a nota de corretagem é que você deve preencher o Darf (Documento de Arrecadação de Receitas Federais). Lembre-se de que alguns investimentos sofrem incidência do “leão”, enquanto outros são isentos de IR, como:

  • debêntures incentivadas;
  • certificados de recebíveis do agronegócio (CRA);
  • certificados de recebíveis imobiliários (CRI);
  • letras de crédito do agronegócio (LCA);
  • letras de crédito imobiliário (LCI).

A nota de corretagem é, portanto, um recurso importante para quem deseja melhorar seu controle financeiro e não quer correr o risco de ter problemas com o fisco, ainda mais se você não é uma pessoa organizada ou tem uma intensa diversificação em suas aplicações.

Gostou de aprender mais sobre a nota de corretagem? Quer contar com uma solução eficiente e prática para o controle dos seus investimentos? Então conheça agora a plataforma Fast Trade!




Sobre o autor