Blog

Investidor Arrojado

O que é Payroll? Entenda o dia mais esperado dos Traders experientes

Por Check Invest
05 fevereiro 2019 - 15:35 | Atualizado em 06 maio 2021 - 11:16
O Ibovespa futuro abre estável em dia de feriado nos EUA

Você sabe o que é Payroll? Ele é um dos principais indicadores macroeconômicos (analisa economia de uma região ou país) do mercado financeiro do mundo. Funciona como um termômetro da situação econômica norte-americana, mas seus números também impactam os investimentos no Brasil, tornando fundamental que os investidores brasileiros o conheçam.

A divulgação desse índice é o momento mais esperado pelos investidores mais experientes no mercado ou com perfil arrojado. Quer saber o porquê? Nos tópicos seguintes, explicamos qual é o conceito de Payroll, como ele funciona na prática e, no fim, quais são os impactos dessa métrica no mercado brasileiro. Confira a leitura!

Afinal, o que é Payroll?

O Nonfarm Payroll, ou simplesmente Payroll, pode ser traduzido como “folha de pagamento não agrícola” e consiste em um dado econômico que relaciona os empregos nos Estados Unidos, exceto:

  • trabalho agrícola;
  • autônomo;
  • por domicílio particular;
  • cargo militar;
  • entidades sem fins lucrativos.

Basicamente, esse indicador apresenta a quantidade de indivíduos que estão empregados e recebendo salário nos EUA, o que corresponde a 80% dos trabalhadores no país.

Essas informações são divulgadas pelo Bureau of Labor Statistics (BLS ou Secretaria de Estatísticas Trabalhistas) na primeira sexta-feira de cada mês às 8:30 no fuso horário da cidade de Washington (é possível que ele seja divulgado na sexta-feira posterior). No Brasil, ele é publicado entre 9:30 e 10:30.

Esse indicador está se tornando cada vez mais importante à medida que mais brasileiros estão expondo, mesmo que indiretamente, parte de seu capital ao dólar — principalmente por identificarem os recentes e históricos momentos de instabilidade da moeda brasileira não só em relação aos Estados Unidos, mas também a outros países emergentes que acabaram tendo uma menor depreciação de suas moedas locais em relação ao dólar.

Além do Payroll, é muito importante analisar o cenário da economia brasileira, tanto por ser onde você trabalha e vive quanto por isso impactar seus investimentos no país e a definição da maneira com que você vai alocar seu patrimônio. Dessa forma, inteirar-se dos principais dados econômicos brasileiros também é uma excelente opção.

Como funciona o Payroll?

O Payroll aglomera vários números sobre os trabalhadores e a economia dos EUA de forma geral, o que permite extrair dados relevantes para analisar a situação econômica atual e fazer projeções. Exemplos de indicadores que podem ser analisados são:

  • quantos empregos foram criados no último mês;
  • taxa de desemprego;
  • média salarial por hora trabalhada (seja anual, seja mensal);
  • índice de empregabilidade por faixa etária, região ou Estado, classe social etc.;
  • setores ou atividades que obtiveram maior lucro ou que estão demitindo mais pessoal;
  • balança comercial, que mede a diferença entre as importações e as exportações do país.

De modo geral, um Payroll acima das expectativas demonstra que há mais americanos empregados. Já um valor abaixo do previsto expõe uma economia desaquecida (em relação ao mês anterior).

Esse índice impacta diretamente as decisões governamentais, de empresários, líderes e players (operadores) do mercado financeiro. Por essa razão, os resultados do Payroll afetam aspectos como:

  • o volume e a intensidade de compra e venda de ações, títulos e outros ativos negociados na Bolsa de Valores;
  • o preço do dólar;
  • a taxa de juros.

Por exemplo, além de estudar a economia nacional, o trader que opera com cotações do dólar ou contratos de dólar futuro deverá analisar mensalmente o Payroll para averiguar se ocorrerão mudanças no preço da moeda americana. Isso trará uma visão mais completa do mercado e possibilitará que ele reduza o risco de suas operações.

Sendo assim, é muito importante prestar atenção a todos esses indicadores econômicos, saber analisar cada um e, principalmente, verificar o histórico deles (tanto de meses quanto de anos ou até mesmo de décadas atrás) para conferir como eles estavam em momentos de crise.

Um dos lemas existentes no mercado financeiro é que a história não se repete, mas rima. Portanto, para os traders mais experientes, é essencial fazer uma análise de mercado e linkar esses indicadores analisando momentos de crise ou nos quais a bolsa estava em alta, pois os dados podem ajudar a entender melhor qual o caminho futuro mais provável.

Com isso, os investidores podem mudar a sua porcentagem de exposição a investimentos em ações, em ativos internacionais, em dólar, em renda fixa e em outras classes de ativos de acordo com a análise atual e histórica desses dados, tendo sempre que levar em conta o cenário macroeconômico.

Qual é a importância do Payroll na economia?

Devido aos fatores listados acima, o Payroll é importante não só para a principal economia global da atualidade, a americana, mas também para o Brasil e para uma série de países.

Uma excelente possibilidade para ter uma melhor análise, como dissemos, é utilizar os dados do Payroll com os dados econômicos brasileiros mais relevantes para o país. Por exemplo, taxa de juros, Índice Amplo de Preços ao Consumidor (IPCA), porcentagem de dívida pública em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro etc.

Dessa forma, é possível entender mais a fundo como está a economia americana e qual a perspectiva da economia brasileira. Com os dois dados, para investidores que têm exposição ao mercado internacional ou fazem operações de dólar, isso pode definir a porcentagem de alocação em cada país em que eles vão se expor naquele determinado momento.

Portanto, se o investidor observar que a economia brasileira está indo mal e que a americana pode performar melhor. Pode ser muito importante ter uma exposição maior ao dólar. Afinal, mesmo em períodos de recessão global, por ele ser a moeda da principal economia do mundo, ele acaba sendo um “porto seguro” para os investidores e se valorizando em relação à moeda brasileira.

Quais são os impactos do Payroll no Brasil?

A criação de empregos beneficia o poder de compra dos consumidores, aquece a demanda e aumenta a circulação da moeda. Entretanto, como os Estados Unidos têm o maior mercado financeiro de todo o mundo. Os resultados anunciados por meio do Payroll também se estendem para outros países, incluindo o Brasil.

Os EUA possuem relações comerciais com todos os países ao redor do mundo, e uma notícia positiva ou negativa sobre sua economia gerará reflexos em acordos e trocas internacionais, nas evasões de investidores americanos e na quantidade de dólar em circulação (gerando inflação ou deflação).

As informações trazidas pelo Payroll são úteis para qualquer pessoa que atua no mercado financeiro, seja um cidadão americano, seja um brasileiro. Mas para garantir que você esteja interpretando corretamente o índice, recomendamos que utilize uma plataforma que permita simular negociações na Bolsa de Valores.

E então, gostou de aprender o que é Payroll e qual o papel desse indicador? Para conhecer mais sobre esse tema e assuntos relacionados a mercado financeiro, investimentos, taxas de câmbio, ferramentas para traders e muito mais, curta a nossa página no Facebook e acompanhe as atualizações!




Sobre o autor