Blog

Investidor Arrojado

Entenda o que é risco de liquidez e como se proteger disso

Por Bruno Zago
16 dezembro 2020 - 17:16 | Atualizado em 16 dezembro 2020 - 19:21
Entenda o que é risco de liquidez e como se proteger disso

O risco de liquidez pode ser definido principalmente pela incapacidade de liquidar o valor investido naquele determinado ativo financeiro. Um dos principais exemplos relacionados a ele está na aquisição de um imóvel e, posteriormente, na venda do mesmo. Afinal, você pode encontrar pessoas que o comprem por valores bem mais baixos do que deseja vender ou, até mesmo, não encontrar nenhum comprador.

Dessa forma, você vai ter um ativo que vale um determinado preço, porém, caso precise vendê-lo, o valor pode ser muito depreciado ou não será possível liquidar aquele determinado ativo. Isso é relativamente comum em imóveis, mas pode acontecer com outras aplicações financeiras. Para saber mais sobre como proteger-se do risco de liquidez, leia o texto até o final!

Diversifique sua carteira

O ideal é manter sua carteira diversificada, ou seja, não invistir em apenas um ativo ou uma classe de ativos. Isso porque, dessa forma, você vai poder liquidar ao menos uma parte da carteira, caso haja necessidade. Além disso, caso invista na bolsa de valores, atentar-se ao volume de negociações diários realizados em um determinado ativo que pretenda aplicar seu dinheiro é muito importante. Afinal, a partir disso, você vai entender se ele é líquido ou não.

Tenha uma reserva de emergência com alta liquidez

A reserva de emergência, como o próprio nome já diz, é utilizada em momentos emergenciais. Dessa forma, ter uma reserva com alta liquidez, de preferência aplicada em investimentos de renda fixa, com liquidez diária, vai fazer com que você não precise liquidar algum outro ativo que pode possuir. Essa é uma ótima maneira para conseguir proteger-se contra os riscos.

Atualize-se constantemente sobre o mercado

Esteja sempre acompanhando o mercado, principalmente relacionado a um determinado investimento ou aplicação que você realizou. Cabe ressaltar ainda que existem determinados fundos de investimento em que o resgate é de D + 30, ou seja, a partir do dia que você solicita o resgate do seu dinheiro, ele somente cairá na sua conta 30 dias depois.

Esse também é um risco de liquidez que deve ser levado em conta pelo investidor, principalmente por aqueles que não possuem uma reserva de emergência.

Tenha um bom planejamento financeiro

Apesar de ser um fator muitas vezes negligenciado, trata-se de ponto muito importante e que, sem dúvida, fará toda a diferença. Isso porque, se você tiver um bom planejamento financeiro e for equilibrado com seus gastos, diversificando sua carteira de investimentos e com uma reserva de emergência, o risco de liquidez vai estar praticamente eliminado.

Dessa forma, tudo passa por planejar os gastos, controlar suas finanças e investimentos e estudar sobre o mercado financeiro. Seguindo cada um desses passos, o risco de liquidez será algo com que você não vai precisar preocupar-se.

Se você pretende proteger-se do risco de liquidez e manter a segurança dos investimentos, é fundamental tomar alguns cuidados importantes, como mostramos nas dicas deste conteúdo. Caso tenha restado alguma dúvida, crítica ou sugestão para fazer, deixe o seu comentário para que possamos sempre oferecer conteúdos cada vez melhores!




Sobre o autor