Blog

Investidor Arrojado

Carteira Recomendada de Small Caps julho: Baixe agora!

Por Bruna Santos
08 julho 2021 - 19:03 | Atualizado em 08 julho 2021 - 19:24
Small Caps de julho

As Small Caps de julho estão disponíveis após ganharem grande destaque do mercado de capitais por apresentar um potencial de valorização superior aos demais ativos na renda variável.

Em função das expectativas de crescimento inerentes a este segmento, estas empresas conseguem capturar maior geração de valor em um cenário de recuperação econômica.

Além disso, este ativo é tão atraente aos olhos dos investidores porque, no geral, o custo das ações é menor quando comparado às blue chips.

No entanto, é preciso levar em consideração os riscos inerentes a esta classe, como a baixa liquidez e a intensa volatilidade durante as negociações.

Para investir certo, não basta comprar qualquer Small Cap, mas é necessário conhecer profundamente o negócio e as projeções da companhia escolhida.

Pensando nisso, reunimos as carteiras recomendadas de Small Caps elaboradas por 13 corretoras, confiando que o conhecimento dos analistas pode ajudar na seleção dos ativos com maior potencial de rentabilidade para o período.

CLIQUE AQUI para fazer o download do arquivo!

Para te ajudar, também disponibilizamos uma breve análise das três Small Caps mais indicadas, contendo os principais aspectos que as tornam excelentes opções para julho. Confira!

Aeris (AERI3) – Como um ativo de peso nas recomendações das corretoras, a Aeris se destaca pelo futuro promissor de seu negócio, considerando que o mercado de energia renováveis ainda é pouco explorado, apesar de sua relevância no longo prazo.

Em função da crise hídrica no país, as discussões sobre a diversificação da matriz energética ganharam terreno e devem influenciar no aumento do número de pedidos da companhia, que atua na fabricação de pás elétricas para geradores eólicos.

Petz (PETZ3) – A Petz continua entre as mais indicadas por apresentar um modelo de negócio sólido no mercado de varejo pet, investindo na diversificação dos canais de vendas, que abrangem desde a criação de lojas físicas, até o fortalecimento da presença digital.

Sua estratégia baseada em desenvolver uma rede omnichanel possibilitou à companhia cadastrar mais unidades no meio digital, o que culminou na redução de despesas com vendas e logística, e trouxe maior eficiência operacional.

Santos Brasil (STBP3) – A Santos Brasil é um nome comum entre as corretoras porque tende a apresentar resultados mais fortes no segundo trimestre, em virtude do crescimento do setor e das perspectivas de consolidação do negócio da companhia.

Além de ser uma empresa muito competitiva no Porto de Santos, a Santos Brasil vivencia um momento de retomada das atividades da indústria global de transportes de contêineres, sobretudo, frente à maior presença do país no comércio internacional.




Sobre o autor