Blog

Trader

Carteira de julho: as top 3 ações mais recomendadas pelas corretoras

Por Bruna Santos
06 julho 2020 - 19:35 | Atualizado em 17 julho 2020 - 10:55

Mesmo passando por um semestre desafiador, o Ibovespa mostrou a potência de seus ativos! Depois do tombo de março e a explosão do coronavírus no país, os meses de abril e maio engataram o processo de recuperação.

Em junho, a Bolsa brasileira fechou com uma valorização de 8,8% e, até o momento, o índice geral já está cerca de 50% acima do limite mínimo alcançado no início da pandemia.

Este cenário ocorreu graças à relativa estabilidade no cenário político e à redução da taxa Selic, que passou a 2,25% ao ano, gerando uma intensa migração de recursos da renda fixa para a renda variável.

Em busca de boas oportunidades, os investidores optaram por ações à medida que a rentabilidade de outros produtos mais conservadores ficava próxima de zero.

Apesar da frágil situação fiscal e financeira do Brasil, o excessivo desconto dos ativos e a agenda de privatizações do governo criaram excelentes oportunidades de entrada em companhias de setores estratégicos.

Pensando na importância de alocar recursos com assertividade neste momento de crise e confiando no conhecimento dos analistas, abaixo estão as 3 ações mais recomendadas pelas corretoras, para você aumentar os rendimentos de sua carteira em julho. Confira!

Vale (VALE3) – Aparecendo em primeiro lugar nas preferências das corretoras, a Vale assume um protagonismo na produção de minério de ferro devido à qualidade do produto e ao aumento na demanda.

Por ser uma potência em exportação, os resultados da mineradora estão sendo impulsionados pela variação cambial e, como consequência, houve uma valorização de 4,9% em suas ações no primeiro semestre.

Petrobras (PETR4) – Ocupando a segunda posição dentre as ações mais recomendadas para investir em julho, a Petrobras segue surpreendendo pela qualidade da gestão estratégica e foco no core business (exploração e produção).

Além disso, o mercado vem apostando no sucesso de sua política de desinvestimentos, sobretudo, em relação à venda das refinarias, que pode arrecadar mais de R$50 bilhões aos cofres da estatal.

B3 (B3SA3) – Também muito bem recomendada pelos analistas, a B3 ganhou força em um contexto de taxa Selic nas mínimas históricas e aumento exponencial do número de investidores pessoa física.

Embora a pandemia tenha prejudicado o cenário de ofertas públicas, a companhia apresenta um volume de serviços muito consistente e que deve continuar em ritmo de forte crescimento nos próximos meses.

As duas ações mais recomendadas pelas corretoras em 2020

Amparadas por uma forte resiliência e uma gestão com foco na geração de valor para os investidores, Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) foram as ações mais recomendadas pelas corretoras no ano.

Apesar da volatilidade do setor de commodities, as duas empresas apresentam projeções positivas no curto prazo, com relativa estabilidade na demanda e perspectivas de crescimento consistente nos resultados.

E aí, gostou? Baixe agora mesmo a carteira completa das ações mais recomendadas para julho e aproveite as oportunidades do mercado financeiro.

Baixe a carteira recomendada deste mês e garanta o envio mensal das próximas edições gratuitamente




Sobre o autor