Blog

Trader

Invista certo apostando nas 3 ações mais recomendadas pelas corretoras em dezembro!

Por Bruna Santos
07 dezembro 2020 - 16:07
Calendário Econômico – Brasil 07/11/2018

Depois de enfrentar um longo período de quedas, o Ibovespa ganhou força com o anúncio das vacinas e encerrou novembro com uma valorização de 15,9%.

Com o cenário externo otimista e as pautas econômicas em análise no Congresso, a expectativa é que o mercado brasileiro continue sua trajetória de alta em dezembro.

Tendo em vista as perspectivas de retomada do crescimento em 2021 e o excessivo desconto dos ativos nacionais, esta é o momento ideal para entrar na Bolsa de valores.

Acreditando que a opinião dos analistas pode ser um fator crítico para a lucratividade com ações, disponibilizamos as carteiras recomendadas por 21 corretoras para dezembro.

CLIQUE AQUI para fazer o download do seu arquivo!

Contudo, além de conhecer as indicações, é necessário avaliar as características de cada companhia para aproveitar essas oportunidades e alocar os recursos de forma eficiente.

Pensando nisso, colocamos abaixo uma breve análise com os principais fundamentos que levaram à escolha destes três ativos. Confira!

B3 (B3SA3) – No primeiro lugar deste mês, as ações da B3 devem se beneficiar da retomada do crescimento, tanto pelo aumento do número de investidores, quanto pelo incremento do volume de operações.

Considerando o diversificado mix de produtos e serviços, o protagonismo por ser a única Bolsa de valores do país e o recente recorde de IPOs e Follows-on, a tendência é de expansão nos resultados da companhia.

Vale (VALE3) – Aparecendo como a segunda ação mais recomendada para dezembro, a Vale se destacou devido ao faturamento de R$58 bi no 3º trimestre e por retomar a sua agressiva política de dividendos.

Além de investir em eficiência operacional para elevar os níveis de produção, a mineradora deve se beneficiar do ambiente favorável ao minério de ferro, com elevação dos preços e forte demanda externa.

Petrobras (PETR4) – Assumindo a terceira posição, a Petrobras chama a atenção por apresentar uma gestão focada em reduzir os níveis de alavancagem e acelerar a política de desinvestimentos, privilegiando o core business.

A recuperação da economia global deve pressionar a recuperação da demanda por petróleo, o que refletindo diretamente em melhores resultados, tendo em vista o baixo custo de produção registrado pela estatal.

As duas ações mais recomendadas pelas corretoras em 2020

A forte aversão ao risco trazida pela pandemia desencadeou a desvalorização dos ativos da Bolsa brasileira, sobretudo, os que compõem o setor de commodities.

Frente a esta situação de incertezas, as companhias que adotaram estratégias eficientes de gestão dos recursos, se sobressaíram frente às demais.

Neste cenário, Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) se destacaram pela adoção de medidas que enfatizaram a redução dos custos e a concentração nas atividades mais rentáveis.

Devido ao papel estratégico que as empresas desempenham em âmbito nacional, a retomada da atividade local refletirá em resultados mais fortes.

Além disso, contrariando o sendo comum, o setor de commodities (minério de ferro e petróleo) vem apresentando uma performance muito acima do esperado.

Baixe a carteira recomendada de dezembro e garanta o envio mensal das próximas edições gratuitamente!




Sobre o autor