Agronegócio

XP inicia a cobertura das ações da Boa Safra Sementes com preço-alvo de R$18

Por Fast Trade
30 julho 2021 - 14:39 | Atualizado em 30 julho 2021 - 15:44

A XP Investimentos iniciou a cobertura das ações da Boa Safra Sementes (SOJA3), atribuindo a recomendação de compra e preço-alvo de R$18. Esta projeção implica um potencial de alta para o ativo de 32% em relação à cotação do fechamento do dia 29/07.

De acordo com os analistas da corretora, a ação está negociando na faixa de 4,6 vezes o valuation sobre o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização estimado para 2022. Desse modo, o valor representa um desconto expressivo em relação ao múltiplo-alvo da XP, de 7,3 vezes.

Acima de tudo, no relatório enviado aos clientes, a corretora explica que o agronegócio brasileiro está passando por um momento de grande desenvolvimento, sobretudo, frente à introdução de novas tecnologias.

+ Guia completo para investimento em renda fixa

Nesse sentido, a expansão do setor está acontecendo através da adoção de técnicas avançadas de plantio ou pela utilização de máquinas inteligentes.

Além disso, em muitos casos, as companhias estão investindo na fertilização de sementes de maior qualidade, no controle remoto da produção e na utilização de inteligência artificial nas fábricas.

Por esse motivo, a XP acredita que este processo tende a continuar se aperfeiçoando nos próximos anos, tendo em vista o crescimento da demanda.

Avaliação da XP sobre a Boa Safra Sementes

Aproveitando este momento positivo, a corretora considera que a Boa Safra Sementes é a empresa mais preparada para capturar essa oportunidade de valorização.

“Entendemos que a empresa conta com diferenciais estratégicos relevantes, como o seu modelo leve em termos de ativos, sua integração na cadeia de produção, seu alto nível tecnológico, além da base de clientes diversificada” – disse a XP em seu relatório.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Ao mesmo tempo, na tese de investimentos, os analistas explicaram que a Boa safra apresenta uma estrutura operacional que favorece o crescimento orgânico do negócio.

No entanto, avaliando o setor de processamento de sementes do país, percebe-se uma intensa fragmentação, de forma que empresas maiores e capitalizadas, como a Boa Safra, terão facilidade de expandir através de fusões e aquisições.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

XP inicia a cobertura das ações da Boa Safra Sementes com preço-alvo de R$18

Leia também:

Bolsa brasileira cai 1,6% com Pnad no Brasil e PCE nos EUA; dólar dispara

Desemprego atinge 14,6% no trimestre encerrado em maio, segundo a Pnad

Radar do Trader: Balanços nos EUA, PIB da Zona do Euro e ofensiva da China


Sobre o autor