Empresas

Variação cambial faz Marfrig (MRFG3) reverter lucro e reportar prejuízo líquido no 1T20

Por Bruna Santos
19 maio 2020 - 07:08 | Atualizado em 19 maio 2020 - 07:19

Puxado pela variação cambial sobre a dívida em moeda estrangeira da Marfrig (MRFG3), a segunda maior indústria de carne bovina do mundo reverteu o lucro de R$ 4,2 milhões contabilizado no 1T19 e amargou um prejuízo líquido de R$ 136,9 milhões no primeiro trimestre de 2020.

Além da variação cambial, destaque para a baixa contábil de R$ 169 milhões dos custos de emissão amortizados de títulos no exterior, recomprados no 1T20.

Sem isso, o resultado seria de lucro (R$ 32 milhões), afirmou o vice-presidente de finanças e de relações com investidores da Marfrig, Tang David.

Em contrapartida, a Marfrig reportou um desempenho operacional recorde, superando seus principais concorrentes nos EUA e no Brasil, diante das vendas para além da China.

De acordo com o relatório de resultados da Marfrig, sua receita líquida totalizou R$ 13,5 bilhões, avanço de 33,9% na comparação anual.

O Ebitda Ajustado (lucro antes de impostos, depreciações e amortizações), por sua vez, totalizou R$ 1,2 bilhão (+109% ante o 1T19).Do mesmo modo, a margem Ebitda Ajustado subiu (3,4 pontos) e atingiu 9,1%, contra 5,5% na comparação anualizada.

Confira outros resultados trimestrais:

Petrobras (PETR3/PETR4) amarga prejuízo de R$ 48,52 bilhões no 1T20

Via Varejo (VVAR3) reverte prejuízo e lucra pela primeira vez desde 2018

Lucro da Trisul (TRIS3) avança 17% no 1º trimestre

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 59% no 1T20

BRF (BRFS3) reduz prejuízo na comparação anual do primeiro trimestre


Sobre o autor