Empresas

Valor de mercado da Marfrig aumentou R$1,8 bi em 2020

Por Fast Trade
30 abril 2020 - 15:46 | Atualizado em 30 abril 2020 - 16:42
BR Distribuidora Modalmais

O valor de mercado da Marfrig cresceu R$1,8 bilhões em 2020, registrando um aumento de quase 27% nas ações negociadas na B3.

Dentre os papéis comercializados no mercado brasileiro, os da companhia apresentaram a maior valorização, sobretudo, após o anúncio da pandemia.

Nesse sentido, como a segunda maior indústria de carne bovina do mundo, o frigorífico controlado por Marcos Molina tem sido destaque de recomendação entre as principais corretoras e casas de análise.

Isso porque, mesmo enfrentando a intensa volatilidade do mercado, a Marfrig conseguiu reverter rapidamente todas as perdas contabilizadas até o momento.

Além disso, a indústria de alimentos tem se mostrado muito resiliente aos solavancos macroeconômicos, sobretudo, após a vigência das medidas de isolamento social.

Nesse contexto, as ações da Marfrig obtiveram grande vantagem em relação às suas concorrentes JBS e Minerva, que, apesar de apresentarem desempenho anual melhor que o Ibovespa, suas ações caíram cerca de 4%.

Miguel Gularte, CEO da companhia, explicou em entrevista ao Valor que a resistência e o crescimento contínuo do negócio devem-se ao acesso à China.

“Se estamos vendo que o mercado chinês vai liderar as exportações e praticar os melhores preços e margens, evidentemente temos um diferencial importante” – disse o executivo.

Dessa forma, a Marfrig é, atualmente, a companhia da América do Sul com mais frigoríficos habilitados para exportar ao gigante asiático, com 7 unidades no Brasil, 4 no Uruguai e 2 na Argentina.

Ele também destacou que a empresa conseguiu superar a indústria brasileira em volume de exportações de carne bovina, sendo que, de janeiro a março, as vendas para o mercado externo aumentaram 25%.

Valor de mercado da Marfrig cresceu R$1,8 bi em 2020

Acompanhe as últimas novidades do mercado financeiro:

Ibovespa opera em queda com bancos e mau humor externo

Dólar opera em alta com BCE e seguro-desemprego nos EUA

INDFUT: No pré-feriado, Ibovespa futuro cai com exterior, Bradesco

BBDC4: Bradesco se antecipa e provisões extras deprimem lucro; foco na teleconferência


Sobre o autor