AçõesHome

Tensões externas e Ibovespa em modo cautela

Por Levante Ideias de Investimentos
19 outubro 2018 - 12:27
O dia em mercados internacionais é misto

Os mercados externos trabalharam sob tensão na segunda-feira (15). Dessa vez, o atrito foi entre os Estados Unidos e a Arábia Saudita, após o desaparecimento de um jornalista oposicionista do governo do país do Oriente Médio. Com isso, o petróleo seguiu em escala crescente devido ao clima tenso, dado que a Arábia é um grande e muito importante produtor de óleo.

Cenário positivo favorece Ibovespa

Na terça (16), o mercado externo seguiu mais calmo após uma segunda-feira de tensão e quedas.  Já no mercado local, os próximos dias até o domingo de eleições seguirão com o político ditando o ritmo. Na pesquisa Ibope divulgada na segunda (15), a vantagem de Bolsonaro foi confirmada novamente (são 18 pontos à frente de Haddad).

Vantagem de Bolsonaro reflete em tendência de alta para Ibovespa

Na quarta (17), o mercado local viu com ânimo a fala do candidato Jair Bolsonaro, que defendeu o tripé macroeconômico e que apresenta uma equipe econômica de confiança. Além disso, foi divulgado pelo BC o IBC-Br de agosto. O número, que é a prévia do PIB, mostrou alta de 0,47 por cento em relação ao mês de julho, acima do esperado pela Levante.

Clima internacional favorável e otimismo por Jair Bolsonaro pautam as expectativas para o pregão de hoje

Quinta (18) apresentou um clima de cautela nos principais mercados do mundo, que digeriram a ata do Fomc divulgada na tarde de quarta (17), com fortes sinais de mais uma alta dos juros nos EUA em dezembro e possivelmente outros aumentos no próximo ano.

Expectativa por Bolsonaro impulsiona baixa do dólar e juros futuros

Nesta sexta (19), o destaque ficou por conta do PIB chinês, que apesar de ser o menor crescimento trimestral em 9 anos, ficou em alta de 6,5 por cento (praticamente em linha do esperado). É uma confirmação da desaceleração do gigante asiático. Por aqui, o candidato reformista Bolsonaro foi citado em uma reportagem da Folha de S.Paulo sobre uma possível interferência de empresas na campanha eleitoral via WhatsApp, fato que está movimentando juristas e dando o que falar.

Em meio a denúncias de fraude eleitoral, Bolsonaro lidera com 59% e Taurus salta 284,62% só em outubro

E Eu Com Isso?

A semana começou com o mercado local se descolando do cenário externo, já que a Bovespa teve uma alta de 0,53 por cento. Na terça, a Bolsa brasileira chegou a uma alta expressiva de 2,83. Por outro lado, o dólar apresentou uma forte tendência de queda, chegando a bater os 3,68 reais, a menor cotação em 5 meses.

Mais uma vez, o destaque fica por conta dos bastidores políticos. Os olhos estarão atentos às pesquisas e ao desenrolar da polêmica sobre a denúncia sobre o uso ilegal de financiamento de empresários à campanha de Bolsonaro.

Leia também:

Repercussão de Datafolha faz Ibovespa subir e Dólar retomar trajetória de queda

CESP (CESP6) – Governo de São Paulo vai tentar vender a companhia de novo

O clima da sexta-feira é positivo para ativos locais


Sobre o autor