Empresas

Temporada de balanços: Neoenergia e Romi reportam aumento nos lucros do 2T21

Por Fast Trade
21 julho 2021 - 06:18 | Atualizado em 21 julho 2021 - 06:59
Neoenergia (NEOE3)

Inaugurando a temporada de balanços do segundo trimestre de 2021, a Neoenergia (NEOE3) e a Romi (ROMI3) reportaram crescimento nos lucros.

Aproveitando o bom momento de retomada das atividades no país, as duas companhias investiram para desenvolver o negócio, após sofrer os impactos na pandemia.

Abaixo, mais detalhes sobre os resultados corporativos!

Lucro da Neoenergia atinge R$1 bilhão no 2º trimestre

A Neoenergia divulgou um lucro líquido de R$1 bilhão no segundo trimestre de 2021, o que equivale a um aumento de 137% em comparação ao resultado do mesmo período do ano passado.

Ao mesmo tempo, o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou R$2,3 bilhões no período, mostrando um salto de 108%.

+ Ebook: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Por sua vez, a receita líquida avançou 45% de abril a junho, somando R$9,53 bilhões, mostrando a constância do setor energético. De acordo com a administração, a companhia injetou 18.702 GWh no país, o que corresponde a um salto de 11% em relação a 2020.

Vale destacar que a Neoenergia atua no setor elétrico, na distribuição e transmissão de energia, e geração de energia renovável nas modalidades eólica, hidráulica, solar e térmica.

Indústrias Romi reportam lucro de R$42 milhões no 2º trimestre

As Indústrias Romi publicaram os balanços do segundo trimestre evidenciando um lucro de R$42,8 milhões, contabilizando um crescimento de 277% em relação ao mesmo período de 2020.

Da mesma forma, na comparação trimestral, o avanço foi de 106,4%, sinalizando a recuperação mais forte das atividades após a vacinação em massa no país. Assim, o Ebitda ajustado totalizou R$66,49 milhões de abril a junho, anotando um crescimento de 245,9% na avaliação anual.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Em contrapartida, a receita líquida somou R$351,459 milhões no intervalo, em um salto de 79,3% ante igual trimestre do ano passado.

Por fim,  segundo a análise da Romi, este ano está muito favorável para a realização de investimentos, pois, o atual nível de juros reais e o patamar cambial estimulam a indústria nacional e elevam a demanda por máquinas.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Temporada de balanços: Neoenergia e Romi reportam aumento nos lucros do 2T21

Leia também:

Ibovespa avança com foco nos resultados corporativos e no apetite ao risco global

Dólar fecha a R$5,22 em dia de realização de lucros no câmbio

Oferta de ações (IPO) da Humberg AgriBrasil pode arrecadar R$230,6 milhões


Sobre o autor