Agronegócio

Soja: DATAGRO eleva estimativa de produção do Brasil em 20/21 para 134,98 mi

Por Fast Trade
02 dezembro 2020 - 08:30 | Atualizado em 02 dezembro 2020 - 11:01
soja brasileira; agronegócio
Foto: Federação das Industrias do Estado do Paraná.

A produção brasileira de soja deve atingir 134,98 milhões de toneladas na safra 2020/21, conforme estimado pela DATAGRO. O volume previsto para o período é recorde e supera em 6% os 127,45 milhões de toneladas da safra 2019/20.

Do mesmo modo, representa um salto frente a estimativa anterior de 134,44 milhões de t, de acordo com a consultoria. Além disso, a área plantada também foi revista em recente levantamento, para 38,79 milhões de hectares.

Anteriormente, essa previsão girava em torno dos 38,68 milhões. Assim também, a perspectiva sobre a área plantada da soja na safra de 2020/21 supera em 3% os 37,50 milhões de ha da temporada 2019/20.

Portanto, a projeção da consultoria DATAGRO confirma o 14º ano consecutivo de incremento. O Brasil é o maior produtor mundial do grão, segundo reiterou o levantamento de setembro da Embrapa.

Baixe gratuitamente: E-book o que ninguém te conta sobre os investimentos em ações

Fatores de estímulo

Uma vez que os preços médios estiveram acima do padrão, foi identificado alta produtividade média, bem como uma positiva lucratividade bruta da safra atual.

A avaliação da DATAGRO é que esses e outros fatores impactaram a decisão dos produtores a elevar a área de cultivo da soja nesta safra.

Uma demanda interna e externa aquecida juntamente com as expectativas para a próxima safra e oferta de crédito também favoreceram a tendência de alta.

Nesse sentido, a consultoria destacou ainda a limitação na área da Argentina, ainda mais com a redução de preços na tabela de fretes mínimos.

Outro fator de estímulo apontado na projeção é a manutenção do acordo comercial fase 1 entre EUA x China, até o momento.

Baixe agora: Tudo o que você precisa saber para fazer uma análise técnica de ações e futuros

Destaques negativos para a soja

Na contramão dos fatores mais otimistas, a indefinição sobre o La Niña preocupa os produtores brasileiros de soja.

“Já tivemos irregularidade na chegada das chuvas na região Central, e clima seco dominante em outubro e novembro na região Sul”, pontuou o coordenador de Grãos da DATAGRO, Flávio Roberto de França Junior.

Por outro lado, o coordenador disse que, em razão do resfriamento das águas do Atlântico Sul nas últimas semanas, “a previsão é de que as chuvas nessa região se normalizem a partir de agora, o que estabilizaria as perdas no milho e recuperaria as condições da soja”.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Milho

Assim como no caso da soja, a área do milho também deve crescer na safra 2020/21 sobre a temporada anterior. A consultoria agrícola DATAGRO projeta 4,43 milhões de ha na 1ª safra, quase 2% a mais que os 4,34 milhões de ha da safra 2019/20.

Em contrapartida, não houve alteração na comparação com a estimativa anterior.

Já a produção do milho foi estimada em 27,33 milhões de toneladas (21,49 milhões de t no Centro-Sul). O volume representa um salto de aproximadamente 5% frente as 26,15 milhões de toneladas da safra 2019/20.

Apesar do avanço, a nova projeção ficou abaixo da anterior que estimava uma produção de 27,76 milhões de toneladas.

Já para a 2ª safra, também há uma previsão de incremento de área plantada no comparativo anual, com 15,34 milhões de ha, 5% a mais que os 14,65 milhões de ha em 2019/20 e, do mesmo modo, não houve alterações sobre a última projeção.

Ademais, a projeção para a produção do milho foi mantida em 86,71 milhões de t (80,49 milhões de t na região Centro-Sul) (+8% acima das 80 milhões de t da temporada anterior).

Por fim, somando as duas safras do cereal, a estimativa para a área em 2020/21 foi mantida em 19,77 milhões de ha (+4% acima dos 18,99 milhões de ha de 2019/20), ao passo que a produção potencial passou para 114,04 milhões de t, sobre 114,48 milhões de t do último levantamento, e cerca de 7% acima dos 106,15 milhões de t da safra 2019/20.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Leia também: Produtos agropecuários correspondem a 21% da movimentação dos portos brasileiros

 


Sobre o autor