Empresas

Smiles (SMLS3) lucra R$ 89,823 milhões no 4T20 e R$ 195,9 milhões em 2020

Por Fast Trade
10 março 2021 - 10:40 | Atualizado em 10 março 2021 - 12:21
Smiles Fidelidade (SMLS3)

A Smiles Fidelidade (SMLS3) anotou um lucro líquido de R$ 195.957 milhões em 2020, -68,7% ante 2019 (R$ 626.725). Já no quarto trimestre, a empresa de programas de relacionamento ligada à companhia aérea GOL (GOLL4) lucrou R$ 89,823 milhões.

+ Descubra o seu perfil de investidor para melhor investir seu patrimônio

Por um lado, o resultado representa um decréscimo de 50% em relação ao mesmo período de 2019 (R$ 179,536 milhões).

Em contrapartida, o mesmo montante representa um aumento significativo de 78,8% na comparação com o trimestre imediatamente anterior (3T20).

Apesar dos desafios do ano passado, a Companhia encerrou dezembro “com recuperação de 90% na receita líquida quando comparada ao mesmo mês de 2019”.

Essa ponderação consta na mensagem da administração que acompanha as demonstrações financeiras. Além disso, a Companhia relacionou a queda nos resultados trimestral e anual com o “baque” causado pela pandemia.

No 4T20, a receita líquida da Smiles cresceu 57,7% ante os R$ 133,9 milhões do 3T20, para R$ 211,2 milhões. Já na comparação com o 4T19, recuou 16,6%.

Com o resultado do último trimestre de 2020, a empresa acumulou uma receita líquida de R$ 572,916 milhões. Do mesmo modo, a variação foi negativa na comparação anual, mas de forma mais expressiva (-45,5%vs os R$ 572,9 milhões de 2019).

+ Derivativos: o guia definitivo para começar a investir

Mais destaques financeiros e operacionais da Smiles

Na sequência dos destaques operacionais e financeiros, a Smiles reportou um crescimento no número de participantes do programa. Ao final de dezembro, a empresa acumulava 18,2 milhões de participantes, ou seja, alta de 7,8% sobre o ano anterior.

O pico das adesões ao clube, no entanto, aconteceu em novembro, 109% do que foi realizado em 2019. Nesse sentido, a empresa explicou que o indicador passou de 64% no 3T20 para 90% no 4T20,

Em relação aos itens resgatados, a plataforma apurou 1,3 milhão no 4T20 (+5,3% vs 3T20). No ano, o total foi a 4,04 milhões de prêmios resgatados, -36,4% sobre 2019.

O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Smiles foi de R$ 97,019 milhões no 4T20, com margem de 45,9%. Esse resultado é 58,8% inferior ao Ebitda apurado entre outubro, novembro e dezembro de 2019.

No acumulado de janeiro a dezembro, o Ebitda acumulado foi de R$ 238,8 milhões, com margem de 41,7%.

+ E-book: O que ninguém conta sobre os investimentos em ações

Geração de faixa, faturamento e milhas

Conforme o release da Smiles, sua geração de caixa total atingiu R$ 332,2 milhões no quarto trimestre, +51,3% vs o 3T20. De acordo com a Companhia, essa recuperação segue a tendência de retomada acelerada do negócio.

Ainda assim, a geração de caixa do 4T20 ficou 28,5% abaixo do registrado no mesmo período de 2019.

Outro destaque da Smiles é o faturamento bruto total de R$ 559 milhões no 4T20, +24% em relação ao trimestre imediatamente anterior. Esse montante elevou o indicador acumulado do ano para R$ 1,9 bilhão

Por fim, o acúmulo de milhas no último trimestre do ano passado subiu 25% em relação ao 3T20, ao passo que os resgates aumentaram 20% na mesma base de comparação. Com isso, o indicador totalizou 80% do volume apurado no quarto trimestre de 2019. 

Outro indicador que reforçou a tendência de recuperação da Smiles refere-se às emissões de passagens (+11% na passagem do 3T20 para o 4T20.

Acesse a íntegra do resultado da Smiles Fidelidade e continue acompanhando o portal Fast Trade para mais destaques corporativos.

+ Guia completo de como ter sucesso nas operações de Day Trade

Leia também: INDFUT: Ibovespa futuro sobe com PEC intacta; minério e IPC estão no radar


Sobre o autor