Empresas

Site da Americanas fica fora do ar devido a um ataque cibernético; ações caem 5%

Por Fast Trade
21 fevereiro 2022 - 15:25 | Atualizado em 21 fevereiro 2022 - 16:11
LAME3; LAME4; aumento do capital social

O site e as plataformas de e-commerce da Americanas estão fora do ar desde a madrugada de sábado (19), devido a suspeita de ataque cibernético. Depois que a empresa identificou um “acesso não autorizado” em seu sistema, acionou os protocolos de resposta para permitir avaliar a gravidade do ocorrido.

“A companhia atua com recursos técnicos e especialistas para avaliar a extensão do evento e normalizar com segurança o ambiente de e-commerce o mais rápido possível” – disse a Americanas em nota.

+ Carteira Recomendada de Ações Fevereiro: Baixe agora!

No entanto, até o momento, não há previsão de que quando os serviços serão restabelecidos. Apesar de haver suspeitas da atuação de um hacker, não houve uma confirmação oficial, detalhando a natureza do episódio e as potenciais consequências.

Contudo, em uma reportagem, a revista Veja informou que o grupo Lapsus$ reivindicou o ataque, dando detalhes sobre quais operações da empresa seriam prejudicadas. Em meio a este cenário de turbulências, os analistas avaliaram como isso pode afetar o comportamento das ações.

Análise da XP e do Citi

Para a XP, a instabilidade dos serviços de e-commerce da Americanas será “marginalmente negativa”, considerando que este canal de vendas representa 60% de sua receita. “Importante monitorar para ver quanto tempo levará para normalizar as operações e assim entender melhor o potencial impacto nos resultados da companhia” – disseram os analistas.

Mesmo assim, a corretora manteve a recomendação “neutra” para as ações, com preço-alvo de R$ 40, estimando posterior revisão para refletir a medida.

Por sua vez, o Citi explicou que o episódio pode exercer um impacto considerável nas vendas da empresa como um todo. Isto porque, a maior parte das vendas brutas é originada nestes canais e caso haja atraso na retomada das atividades, as perdas podem atingir um patamar elevado.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Contudo, os analistas do banco acreditam que os ataques cibernéticos recentes não objetivam roubar os dados, mas apenas causar leves danos em sua infraestrutura, de modo a ensejar um pagamento pelo resgate das informações.

Pensando nisso, o Citi manteve a recomendação de “compra” para a Americanas, com preço-alvo de R$ 48 e potencial de valorização de 42,3%. Às 15h25 (horário de Brasília), as ações AMER3 caíam 5,46% na cotação de R$ 31,88 por papel.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

 

Leia também:

Bolsa brasileira avança com commodities, em pregão de baixa liquidez; dólar desaba

Farmácias: Credit Suisse vê ações como um “oásis” e confirma a recomendação

Cosan divulga resultados do 4T21 com lucro líquido de R$ 2,738 bi e cresce 91,5% no ano


Sobre o autor