EconomiaHome

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta quarta-feira

Por Pablo Vinicius Souza
12 junho 2019 - 10:06
Ibovespa futuro tem leve alta

Em nossa agenda doméstica, destaque para a divulgação das vendas do varejo, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Lá fora, os EUA publicam o índice de preços ao consumidor (CPI) e, posteriormente, o resultado fiscal, ambos de maio.

No continente asiático, os bancos chineses emitiram 1,18 trilhão de yuans (US$ 170,5 bilhões) em novos empréstimos em maio, de acordo com o Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês).

Houve também um acréscimo anual de 8,5% na base monetária chinesa (M2), repetindo a variação do mês anterior.

Ademais, a associação chinesa de montadoras comunicou hoje que as vendas do setor automotivo da China sofreram um tombo de 16,4% em maio em comparação anual, para 1,91 milhão de veículos. O resultado representa a 11º queda consecutiva do setor.

Namorando os 100 mil

O desânimo voltou a tomar conta do cenário internacional. Após as fortes altas vistas ontem com o governo chinês prometendo financiar grandes projetos para estimular a economia, o tom de espera com a guerra comercial somado às farpadas de Trump, desanimam os investidores. Pesou também na Ásia, a onda de protestos em Hong Kong, de oposição a uma lei que facilita a extradição de nacionais para a China. Com isso, o clima de otimismo de que novos estímulos dos bancos centrais sejam o suficiente para manter o crescimento se mistura aos impasses com guerra comercial, que por ora, gera aversão ao risco.

Já aqui, tudo está saindo no último dia – mas ao menos está indo. Caso do crédito suplementar que foi aprovado sem o risco de violar a regra de ouro e que era tão aguardado pelo governo. Mas não podemos deixar de manter o olho na reforma, o relator da Previdência está negociando a retirada de itens polêmicos com governadores para manter estados e municípios. E a tensão está no ar. O deputado Marcelo Ramos, presidente da comissão especial, já admitiu que dependendo das discussões de hoje, poderá adiar a leitura do relatório.

Por Glenda Ferreira – Especialista em Investimentos na Levante Ideias de Investimentos

Leia mais:

Veto à execução imediata de sanções do Conselho de Segurança da ONU é mantido

Congresso derruba vetos de fundações gerirem fundos e anistia de multas a partidos políticos

Leitura do parecer da reforma da Previdência é confirmada; Bolsonaro está confiante

Moro irá ao Senado para falar de mensagens; CNJ arquiva representação contra ministro

Centauro volta a elevar oferta para aquisição da Netshoes


Sobre o autor