Agronegócio

Safra de grãos será recorde em 2020/2021, projeta Conab

Por Fast Trade
11 dezembro 2020 - 08:30 | Atualizado em 11 dezembro 2020 - 10:51
safra de grãos; MILHO

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) atualizou sua projeção para a safra de grãos para o período de 2020/2021. Vinculada ao Ministério da Agricultura, a Companhia revisou para baixo sua estimativa para a safra que está sendo plantada neste segundo semestre e que será colhida até junho de 2021.

Baixe gratuitamente: Guia do investidor iniciante

Assim sendo, o País deverá colher 265,9 milhões de toneladas na referida safra de grãos. Isso representa um salto de 9 milhões de toneladas (+3,5%) na comparação com a temporada imediatamente anterior (2019/2020).

Nesse sentido, o resultado será impulsionado principalmente pelas lavouras de soja e milho, dois dos principais itens dos embarques do agronegócio brasileiro.

Além disso, destaca-se a manutenção de queda prevista para a produção de dois itens básicos na mesa do brasileiro: arroz e feijão. Ambos os componentes anotaram uma considerável disparada nos preços em 2020.

Só para ilustrar, o preço do alimento aumentou 69,5%, de acordo com a inflação oficial calculada pelo IBGE.

O salto, segundo especialistas, aconteceu por causa das exportações, mas também por causa de uma demanda aquecida no mercado interno.

Além disso, o 3º Levantamento da safra de grãos 2020/21, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostrou uma projeção menor que a anterior.

Em contrapartida, embora o montante seja 3,1 milhões de toneladas menor na referida comparação, a perspectiva ainda é de recorde para a safra de grãos. Ademais, a Conab sinalizou uma previsão de alta de 1,6% da área cultivada, totalizando 67 milhões de hectares.

Baixe agora: Dólar e Mini Dólar – Desvendando este mercado

Soja e milho, protagonistas da safra de grãos

Dois dos principais itens do agronegócio do Brasil, as culturas da soja e do milho continuam figurando como protagonistas na safra de grãos do País.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Só para exemplificar, a soja e milho correspondem a 89% da produção de grãos, segundo publicação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Nesse sentido, a projeção é por um salto de 3,3% na área da soja, ao passo que a produção pode somar 134,5 milhões de toneladas. Se confirmado, o resultado pode posicionar o Brasil como o maior produtor mundial da oleaginosa, segundo o Mapa.

Por sua vez, “a safra total de milho primeira, segunda e terceira safras, a produção estimada totaliza 102,6 milhões de toneladas”.

Ademais, a Conab indicou que já se observa aumento da oferta com necessidade de abertura de espaço para armazenagem da safra que será colhida no início de 2021.

Por fim, veja aqui a íntegra do 3º da Safra de Grãos 2020/2021.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade.


Sobre o autor