Economia

Pacheco diz que desestatização da Petrobras não soluciona problemas no curto prazo

Por Fast Trade
12 maio 2022 - 16:09 | Atualizado em 12 maio 2022 - 17:01
Petrobras
Créditos: shutterstock.com

O presidente do senado, Rodrigo Pacheco – PSD/MG, afirmou que a desestatização da Petrobras, no curto prazo, não é uma boa solução para resolver o problema da alta sobre os combustíveis. Entretanto, esclareceu que a análise das possibilidades e o estudo de modelos são positivos para a estatal.

+ Aprenda a desenvolver a disciplina nas operações!

O novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, já deu os primeiros passos para a privatização da Petrobras. Mas, Pacheco acredita que o momento não é o ideal para o debate sobre a saída da União. Entretanto, ele ressaltou que os estudos propostos pelo ministro são importantes.

O presidente do senado disse que o cenário atual demanda estabilidade e destacou as dificuldades na valorização de ativos. Além disso, Rodrigo Pacheco mencionou também que o lucro de R$ 44,5 bilhões referente ao 1º trimestre de 2022 foi “estratosférico e desproporcional” se comparado às demais empresas petrolíferas.

Guedes afirma que os estudos para privatização da Petrobras são prioridade

De acordo com o novo Ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, a ideia é que os estudos facilitem a privatização da estatal. Além disso, o executivo defende a aprovação de dois PLs – Projetos de Lei focados em modernizar o setor elétrico e alterar o regime de partilha de concessão.

Contudo, a fala de ambos os ministros foram rápidas, mas tonaram-se alvo de protestos feito por sindicalistas que pedem reajuste nos salários.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Por fim, após sair da reunião com Guedes, o ministro Sachsida disse que espera que no período mais breve possível, haja uma resolução referente aos estudos apresentados. Pois, a intenção é levar o quanto antes os Projetos de Lei para serem assinados pelo Presidente da República Jair Bolsonaro.

Além da privatização da Petrobras, o ministro de Minas e Energia também deseja incluir a empresa estatal PPSA, que cuida da gestão dos campos do pré-sal, no PND-Plano Nacional de Desestatização.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

 

Leia Mais:

Bolsa brasileira avança com resultados corporativos e dado de serviços; dólar opera volátil

Lucro líquido da SulAmérica cai 54,4% no 1º trimestre somando R$ 24,4 milhões


Sobre o autor