HomePolítica

Rodrigo Maia vai tentar votar reforma da Previdência até julho

Por Pablo Vinicius Souza
04 junho 2019 - 10:33
Câmara vota destaques da reforma da Previdência

Para conseguir agendar a votação da reforma da Previdência em julho, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está negando à deputados diversos pedidos de viagem após o feriado de Corpus Christi, no dia 20 deste mês.

De acordo com o parlamentar, o quórum da Casa precisa girar em torno de 500 deputados.

“Hoje estamos na média com 475, 480, e a gente precisa recuperar esses 20 para ter uma margem tranquila para aprovar a Previdência já no final do mês ou no início do mês que vem”, afirmou ele.

Desse modo, Maia articula para garantir a votação antes do recesso legislativo, que tem início em 18 de julho.

A matéria, emenda à Constituição, precisa ser aprovada em dois turnos por 308 deputados para, posteriormente, seguir para o Senado.

“Seria uma sinalização histórica, uma votação histórica, com uma sinalização muito forte para toda a sociedade [de] que nós vamos tirar os temas que são da questão fiscal, previdenciária, do nosso embate ideológico, vamos racionalizar esse tema”, afirmou.

Sobre a reforma, o jornal O Globo destaca que a proposta poderia branger apenas os 10 Estados mais endividados.

Além disso, o jornal destaca que a proposta apresentada por consultores do Congresso, com o aval do Governo, está sendo avaliada pelo deputado Samuel Moreira.

Leia mais:

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta terça-feira

A poucas horas de caducar, Senado aprova MP do pente-fino do INSS

Prazo de votação de MPs será discutido entre Câmara e Senado

Governo recebe aval para crédito extra de R$ 248,9 bi

BNDES reabre contratação de crédito para investimentos

Mercado de capitais ganha novo incentivo do Governo


Sobre o autor