Mercados

Radar do Trader: independência de repúblicas separatistas na Ucrânia e AGE Eletrobras

Por Fast Trade
22 fevereiro 2022 - 07:51 | Atualizado em 22 fevereiro 2022 - 10:57
Imagem Vladimir Putin
Vladimir Putin

O Radar do Trader desta terça-feira (22) trouxe como destaque o reconhecimento da independência de duas repúblicas separatistas na Ucrânia e, dessa forma, a movimentação de tropas para os locais. Além disso, no Brasil a Eletrobras faz assembleia geral extraordinária para tratar sobre a privatização e a temporada de resultados continua.

Calendário Econômico – Indicadores

  • 08:00 – Sondagem do consumidor FGV mensal (Brasil)
  • 10:30 – Tesouro Nacional – Leilão de títulos (Brasil)
  • 11:45 – PMI composto, de serviço e industrial mensal (EUA)
  • 12:00 – Sondagem industrial do Fed Richmond mensal (EUA)
  • 12:00 – Confiança do consumidor mensal (EUA)
  • 15:00 – Leilão primário de Treasuries de dois anos (EUA)

+ Índice e Mini Índice: Desvendando os contratos futuros

Brasil

A atenção dos investidores nesta terça-feira (22) se concentra na assembleia geral extraordinária da Eletrobras para tratar sobre a privatização e na continuidade da temporada de balanços do quarto trimestre. Desse modo, devem ser anunciados os resultados da BRF, Localiza, Vivo e Raia Drogasil.

Além dos movimentos em Brasília para articular um “pacotão de medidas” no ministério da Economia, o dia está repleto de indicadores, com atenção à confiança do consumidor mensal e ao IPCA-15, que é uma prévia da inflação oficial.

Independência de repúblicas na Ucrânia e reação dos EUA

Vladimir Putin reconheceu a independência de duas repúblicas separatistas no leste da Ucrânia e enviou tropas para a região. Nesse sentido, o movimento é agressivo porque negou que o país vizinho é um Estado soberano e independente em si. 

Dessa maneira, a resposta dos Estados Unidos e da Europa foi o estabelecimento de sanções econômicas às regiões separatistas. As regiões devem propor outras medidas para conter a ação da Rússia nos próximos dias.

Entre os indicadores, os investidores terão acesso ao Índice de Gerente de Compras (PMI) industrial, serviços e composto. Ademais, será divulgado a confiança do consumidor mensal.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Europa e Ásia

Na Europa, o índice Stoxx 600 opera em queda de olho nas tensões na Ucrânia. A região acompanha os desdobramentos da investida de Putin contra o país vizinho. Desse modo, os líderes europeus já preparam sanções contra Moscou.

Por fim, as bolsas asiáticas tiveram, em geral, resultados negativos com os novos movimentos da Rússia em direção à Ucrânia. Assim, o destaque negativo ficou com o Hang Seng de Hong Kong com queda de 2,69% puxada, sobretudo, pelas ações do HSBC que caíram diante das provisões de US$ 450 milhões para prováveis perdas no setor imobiliário.

  • Shanghai SE (China), -0,96%
  • Nikkei (Japão), -1,71% Desse modo
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -2,69% 
  • Kospi (Coreia do Sul), -1,35%

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Radar do Trader: independência de repúblicas separatistas na Ucrânia e AGE Eletrobras

Leia também:

Assaí tem lucro líquido de R$ 527 milhões no 4º trimestre, alta de 76,3% em 12 meses

Movida anuncia lucro líquido de R$ 276,7 milhões no 4T21, avanço de 99,5%

Ibovespa cai 1% e volta aos 111 mil refletindo a baixa liquidez e o conflito na Ucrânia


Sobre o autor