Mercados

Radar do Trader: IGP-M, Pesquisa PNAD, renda e gastos pessoais nos EUA e queda na China

Por Fast Trade
28 janeiro 2022 - 08:21 | Atualizado em 28 janeiro 2022 - 11:09
slippage
Créditos: shutterstock.com

O Radar do Trader desta sexta-feira (28) trouxe como destaque a agenda de indicadores no Brasil, com a divulgação do o IGP-M e a Pesquisa PNAD. Além disso, nos Estados Unidos os investidores aguardam o índice de renda e gastos pessoais e na Europa os dados do PIB da zona do euro.

Calendário Econômico – Indicadores

  • 08:00 – Índice IGP-M mensal (Brasil)
  • 09:00 – Pesquisa PNAD contínua mensal e trimestral (Brasil)
  • 09:30 – Variação do estoque de crédito total mensal (Brasil)
  • 09:30 – Taxa de inadimplência recursos livres mensal (Brasil)
  • 10:30 – Renda e gastos pessoais mensal e anual (EUA)
  • 10:30 – Núcleo índice de preço do PCE mensal e anual (EUA)
  • 12:00 – Confiança do consumidor Michigan mensal (EUA)
  • 14:30 – Resultado primário do Governo Central (Brasil)
  • 15:00 – Contagem de Sondas Baker Hughes (EUA)

+ Calendário do Trader 2022: Baixe agora!

IGP-M e PNAD no Brasil

Hoje o dia está recheado de indicadores. Os investidores terão acesso, sobretudo, ao índice IGP-M mensal, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e também à Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) contínua do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que mostrará a taxa de desemprego nacional.

Na política, o presidente determinou reajuste de 33,24% para o piso salarial dos professores. A medida contraria a equipe econômica, bem como governadores e prefeitos que temem efeito cascata e desarranjo das contas públicas.

Já em relação à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos combustíveis, a Folha de S. Paulo e o jornal O Globo levantaram informações sobre o descarte da ideia de criar um fundo de estabilização. Ademais, a equipe econômica sugeriu que o texto só permitisse a redução dos impostos federais sobre o gás de cozinha e o diesel.

Estados Unidos

Hoje será divulgado a renda e os gastos pessoais mensal e anual, indicador usado pelo Banco Central para a condução de política monetária e, dessa maneira, importante para os investidores globalmente. A expectativa é de avanço de 0,5% entre os meses e de 4,8% na comparação anual.

Ontem, quinta-feira (27), foi anunciado que o PIB norte americano teve crescimento de 6,9% no quarto trimestre de 2021 na comparação com o mesmo período no ano anterior. O resultado, dessa forma, superou as projeções dos analistas.

Em relação às corporações, a Apple teve resultados acima do esperado o que puxou para cima o Nasdaq na véspera. Hoje, a Chevron deve divulgar seu desempenho no quarto trimestre do último ano.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Europa e Ásia

Na Europa, o índice Stoxx 600 recuava 1,46%. O destaque positivo ficava com o setor de varejo. Por outro lado, o destaque negativo era do setor automotivo. Hoje será divulgado o PIB da zona do euro. O Produto da Alemanha teve queda de 0,7% na quarto trimestre ante a expectativa de -0,3% na comparação com os três meses anteriores.

Por fim, as bolsas asiáticas tiveram, em geral, resultados variados, mas com destaque negativo para as bolsas chinesas, que terminaram o dia na maior baixa em 16 meses. 

Embora os jornais estatais estejam tentando acalmar os ânimos dos investidores, eles ainda estão buscando liquidez com temor em relação ao rápido aperto monetário dos Estados Unidos.

  • Shanghai SE (China), -0,97% (fechado)
  • Nikkei (Japão), +2,09% (fechado)
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -1,08% (fechado)
  • Kospi (Coreia do Sul), +1,87% (fechado)

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Radar do Trader: IGP-M, Pesquisa PNAD, renda e gastos pessoais nos EUA e queda na China

Leia também:

Dexco compra 13% da Brasil ao Cubo por R$ 74 milhões e se torna a terceira maior acionista

Renova Energia aceita proposta da AES pelo Complexo Cordilheira dos Ventos


Sobre o autor