Mercados

Radar do Trader: Decisão do Federal Reserve, resultados e avanço do Covid-19

Por Fast Trade
28 julho 2021 - 09:09 | Atualizado em 28 julho 2021 - 11:00
Abertura desta terça-feira 29 de junho

No Radar do Trader desta quarta-feira (28) a decisão do Federal Reserve, a temporada de resultados e o avanço do Covid-19 são os principais destaques.

+ Estratégia na alocação de recursos – Baixe agora!

Com os índices futuros apresentando desempenhos mistos, a previsão é que o dia seja de cautela e intensa volatilidade nos mercados globais. A seguir, o calendário econômico com os principais indicadores de hoje.

Calendário Econômico – Indicadores

  • 09:00 – Índice de preços ao produtor mensal e anual (Brasil)
  • 09:00 – Variação do estoque de crédito mensal (Brasil)
  • 11:30 – Variação dos estoques de petróleo EIA (EUA)
  • 14:30 – Relatório mensal da dívida pública do Tesouro Nacional (Brasil)
  • 14:30 – Fluxo cambial mensal (Brasil)
  • 15:00 – Relatório Caged mensal (Brasil)
  • 15:00 – Anúncio da decisão de política monetária do Federal Reserve (EUA)
  • 15:30 – Coletiva do presidente do Fed, Jerome Powell (EUA)

Brasil

No Brasil, os investidores repercutiam os resultados do Santander Brasil, CSN, Carrefour Brasil, Assaí, Telefônica e Unidas. É grande a expectativa pelos números da Vale, que serão divulgados hoje após o fechamento.

Em contrapartida, a média móvel de sete dias de mortes por Covid-19 no país ficou em 1.086, o que representa uma queda de 14% em relação ao patamar dos últimos 14 dias.

Estados Unidos

Os índices futuros operavam mistos, à espera da decisão de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Federal Reserve. Nesse sentido, a previsão é que a instituição mantenha os juros no intervalo mínimo e dê continuidade à sua política de compras de títulos.

No entanto, é provável que o Fed sinalize quando haverá alterações nas concessões de estímulos, tendo em vista a ameaça da inflação no país.

Europa em alerta e tensão na Ásia

Na Europa, as principais bolsas operavam mistas, entre perdas e ganhos, com o Stoxx 600 se firmando em território positivo apoiado pelos setores de lazer e turismo.

Ao mesmo tempo, no Reino Unido, o número de mortes por Covid-19 alcançou o seu recorde desde março, levando o primeiro-ministro, Boris Johnson, a exigir cautela da população.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

As Bolsas da Ásia fecharam sem direção única, ainda reagindo à intervenção chinesa no mercado de ensino privado e em outros setores da economia do país.

No entanto, a Coreia do Sul e Hong Kong ficaram positivos, em atenção à decisão do Fed nos EUA, que tende a ter grande impacto.

  • Nikkei (Tóquio) -1,7%
  • Hang Seng (Hong Kong) +1,5%
  • Shanghai (China) -0,6%
  • Kospi (Coreia do Sul) +0,1%

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Radar do Trader: Decisão do Federal Reserve, resultados e avanço do Covid-19

Leia também:

Resultados do varejo: Carrefour tem queda nos lucros, mas Assaí avança

CSN e CSN Mineração reportam lucros bilionários no 2º trimestre

Ibovespa perde 1,1% com tensões na China, balanços e decisão do Fed no radar


Sobre o autor