Mercados

Radar do Trader: Balanços nos EUA, PIB da Zona do Euro e ofensiva da China

Por Fast Trade
30 julho 2021 - 09:05 | Atualizado em 30 julho 2021 - 10:45
IPOs de agosto

O Radar do Trader desta sexta-feira (30) trouxe como destaques os balanços nos EUA, o PIB da Zona do Euro e a ofensiva da China aos setores de tecnologia e educação.

+ Guia completo para investimento em renda fixa

Com os mercados globais em queda no último pregão de julho, os investidores podem se preparar para enfrentar mais um dia de intensa volatilidade. A seguir, o calendário econômico com os principais indicadores de hoje.

Calendário Econômico – Indicadores

  • 09:00 – Pesquisa PNAD contínua mensal (Brasil)
  • 09:30 – Resultado primário do setor público e consolidado mensal (Brasil)
  • 09:30 – Produto Interno Bruto (PIB) mensal (Brasil)
  • 09:30 – Índice de preços do PCE mensal e anual (EUA)
  • 10:45 – PMI de Chicago mensal (EUA)
  • 11:00 – Confiança do consumidor de Michigan mensal (EUA)
  • 15:00 – Contagem de sondas Baker Hughes (EUA)

Brasil

Com a agenda esvaziada em função do recesso parlamentar, a Bolsa brasileira deve repercutir a temporada de resultados corporativos do segundo trimestre. Na véspera, as companhias Fleury, Localiza, Ecorodovias, Isa Cteep, Usiminas, Movida e Grendene divulgaram os balanços.

Ao mesmo tempo, é grande a expectativa pela publicação da taxa de desemprego anual até maio, cuja projeção é de 14,5%, segundo dados da Refinitiv.

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operavam em queda reagindo à divulgação dos resultados da gigante Amazon, que reportou números abaixo das estimativas. Além disso, pela primeira vez em três anos, a varejista apresentou projeções mais fracas para os próximos meses, mostrando os efeitos da pandemia.

Da mesma forma, as atenções se concentravam na publicação do índice de preços de gastos com consumo, que deve dar mais sinais sobre o comportamento da inflação.

Recuperação na Europa e incertezas na Ásia

Na Europa, as principais Bolsas declinavam, com o Stoxx 600 registrando perdas em todos os setores, sobretudo, no de mineração. Apesar disso, o Produto Interno Bruto (PIB) da Zona do Euro do segundo trimestre avançou 13,7% na comparação anual, superando as projeções dos especialistas.

Em contrapartida, a taxa de desemprego no bloco econômico ficou em 7,7% no período, ligeiramente abaixo dos 7,9% previstos pelo mercado.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Na Ásia, o dia foi de perdas em sinal de cautela frente à ofensiva da China para apertar a regulação dos setores de tecnologia e educação privada. Assim também, o avanço da variante Delta do coronavírus pela região despertou a atenção após o governo do Japão prorrogar o estado de emergência.

  • Nikkei (Tóquio) -0,8%
  • Hang Seng (Hong Kong) -1,3%
  • Shanghai (China) -0,4%
  • Kospi (Coreia do Sul) -1,2%

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Radar do Trader: Balanços nos EUA, PIB da Zona do Euro e ofensiva da China

Leia também:

Localiza e Ecorodovias divulgam forte crescimento nos lucros do 2º tri

Real digital seria bem aceito e serviria de complemento da moeda, diz BC

Ibovespa ignora NY e fecha em queda pressionado pelas blue chips


Sobre o autor