Mercados

Radar do Trader: ataques de Bolsonaro ao STF e dados do emprego nos EUA

Por Fast Trade
08 setembro 2021 - 08:12 | Atualizado em 08 setembro 2021 - 10:17

O Radar do Trader de quarta (08) trouxe como destaque os ataques de Bolsonaro ao STF em dia de protesto. Além disso, os investidores observam a oferta de emprego JOLTs mensal dos Estados Unidos e a reunião do Banco Central Europeu.

Calendário Econômico – Indicadores

  • 08:00 – Índice IGP-DI mensal e IPC-S semanal (Brasil)
  • 10:00 – Produção de veículos Anfavea mensal (Brasil)
  • 11:00 – Oferta de emprego JOLTs mensal (EUA)
  • 14:00 – Leilão primário de Treasuries de dez anos (EUA)
  • 14:10 – Federal Reserve – discurso do diretor John Willians (EUA)
  • 17:30 – Variação no estoque de petróleo API (EUA)
  • 19:00 – Federal Reserve – discurso do diretor Robert Kaplan (EUA)

+ Derivativos: o guia definitivo para começar a investir

Ataques de Bolsonaro ao STF no Brasil

Na terça-feira (08), no dia da independência, apoiadores do presidente Bolsonaro foram às ruas. A princípio o objetivo era protestar a favor do voto impresso e contra decisões dos ministros do Superior Tribunal Federal (STF).

Na ocasião, todavia, o presidente Bolsonaro xingou Alexandre de Moraes e afirmou que não cumprirá mais suas decisões judiciais. Além disso, insinuou que somente deixará a presidência em caso de morte ou prisão.

Líderes dos vários partidos, incluindo o PSDB, estão se articulando para mais pedidos de impeachment. Ademais, Luiz Fux, presidente do STF, prometeu discurso em respostas às declarações do presidente.

Estados Unidos

Hoje, o Departamento do Emprego publicará pesquisa sobre abertura de vagas e rotatividade da mão de obra. Certamente, mostrará um cenário não tão favorável. 

Ao mesmo tempo, o Federal Reserve também lançará o livro Bege, material de comentários sobre a economia norte-americana. Além disso, os diretores do FED, John Willians e Robert Kaplan, irão discursar ao público.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Europa e Ásia

Na Europa as bolsas recuavam, o índice Stoxx tinha queda 1,3%. Isso, todavia, com destaque negativo para o setor automotivo.

Os investidores aguardam a reunião de quinta do Banco Central Europeu (BCE). No atual cenário de expansão do produto e inflação, espera-se, portanto, redução dos estímulos.

A economia do Japão teve expansão de 1,9% no segundo trimestre em comparação com o ano anterior. Dessa forma, ficou acima da expectativa de 1,3%.

  • Nikkei (Japão), +0,89% (fechado)
  • Shanghai SE (China), -0,04% (fechado)
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -0,12% (fechado)
  • Kospi (Coreia do Sul), -0,77% (fechado)

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Radar do Trader: ataques de Bolsonaro ao STF e dados do emprego nos EUA

Leia também:

Bolsonaro eleva o tom nas manifestações e acentua as tensões institucionais

Cade sugere “remédios” para aprovar a Fusão entre Localiza e Unidas

Ibovespa ganha força com exterior e sobe 0,8% à espera do feriado


Sobre o autor