Mercados

Radar do Trader: ata do FOMC, PIB e PCE nos Estados Unidos, IPCA-15 no Brasil

Por Fast Trade
23 maio 2022 - 08:00 | Atualizado em 23 maio 2022 - 11:48
swing trade
Descubra agora o que é swing trade e como funciona na prática

O Radar do Trader desta segunda-feira (23) trouxe como destaques a ata do Fomc e outros indicadores econômicos nos Estados Unidos ao longo da semana. Além disso, no Brasil o mercado terá acesso ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – 15 nos próximos dias.

Calendário Econômico – Indicadores

  • 08:00 – Índice IPC-S (Brasil)
  • 09:30 – Índice de atividade nacional Fed Chicago mensal (EUA)
  • 20:30 – Federal Reserve – discurso de George, membro do Fomc EUA)

Brasil

Na política, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), reafirmou que colocará em votação a limitação do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. Desse modo, a sessão deve ocorrer ainda nesta semana.

+ Confira como é representado o padrão de candle “Três métodos”

Já nos próximos dias, os investidores estarão atentos à divulgação dos dados de inflação mensurados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – 15. Ao mesmo tempo,  a greve dos servidores do Banco Central continua e, por isso, não ocorrerá a publicação do Boletim F

Ata do Fomc nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos o destaque ao longo da semana fica sobretudo com a divulgação da ata da última reunião do Federal Open Market Committee (Fomc) na quarta-feira (25). Contudo, serão publicados outros indicadores importantes como o Produto Nacional Bruto (PIB) e o Índice de Preços ao Consumidor (PCE).

Ademais, a temporada de balanços divulga mais resultados corporativos incluindo grandes companhias do varejo. Hoje, segunda-feira (23), será anunciado o desempenho da Zoom e nos próximos dias empresas como Costco, Nvidia e Macy’s.

+ Conheça os 5 princípios do Trader de Sucesso!

No âmbito internacional, acontecerá o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. O evento reunirá líderes políticos e empresariais de todo o globo. Acima de tudo, os membros se encontraram presencialmente este ano após a pandemia de Covid-19 e em meio à guerra na Ucrânia.

Europa e Ásia

Na Europa, o índice Stoxx 600 operava em território positivo, mostrando o tom otimista dos mercados no exterior. Isto porque o índice de confiança do empresário na Alemanha ficou em 93 pontos ante expectativa de 86,9, certamente, indicando a melhora do ambiente macro no continente.

Por fim, as bolsas asiáticas tiveram, em geral, resultados positivos. A exceção, todavia, ficou com Hong Kong, onde as empresas de tecnologia tiveram perdas. Em contrapartida, o Japão recebe Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, para o anúncio de um plano de investimento, que já sofre críticas por oferecer poucos benefícios aos países da região.

  • Shanghai SE (China), +0,01%
  • Nikkei (Japão), +0,98%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -1,19%
  • Kospi (Coreia do Sul), +0,31%

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

Radar do Trader: ata do FOMC, PIB e PCE nos Estados Unidos, IPCA-15 no Brasil

Leia também:

Entre as empresas que compõem o Ibovespa, 86% tiveram lucro líquido no 1T22

 


Sobre o autor