Empresas

Radar corporativo: SUZB3, GOAU4 e GOLL4

Por Fast Trade
06 janeiro 2021 - 11:30 | Atualizado em 06 janeiro 2021 - 13:00
GOLL4

O radar corporativo da manhã desta quarta-feira (6) mostra os destaques da Suzano (SUZB3), Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e Gol (GOLL4). Confira.

SUZB3: Suzano anuncia conclusão da venda de ativos à Bracell

Pertencente ao Grupo Suzano e controlada pela Suzano Holding, a Suzano reportou a conclusão da venda de terras, florestas e madeira à Bracell. Os terrenos estão situados no Estado de São Paulo, local onde a Bracell tem fábrica alocada.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Ademais, a Bracell, produtora de celulose solúvel e celulose especial, está investindo em um projeto de expansão que tem conclusão prevista para 2021.

De acordo com a Suzano, os imóveis compreendem 21.066 hectares na região central do Estado. Do total, “parte” será vendida, ao passo que o restante referem-se a contratos de arrendamento da Suzano.

O acordo, que movimentou R$ 1 bilhão, de acordo com a Companhia, havia sido comunicado em novembro. A operação engloba florestas já estabelecidas, mas também florestas que estão em crescimento.

Há, inclusive, o compromisso de aquisição “de volume de madeira adicional”, segundo a Suzano, que não entrou em detalhes sobre o termo.

Conforme o anúncio da maior produtora de celulose de eucalipto e de mercado do mundo, segundo a própria, essa venda está alinhada com o plano de desalavancagem anunciado ao mercado.

Além disso, a operação “confirma a disciplina financeira adotada pela Suzano” na execução da Política de Endividamento, segundo a própria.

As ações da Suzano findaram o pregão a R$ 58,64 por ativo e já acumulam alta de 11% no mês e de 44% no ano.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

GOAU4: Metalúrgica Gerdau aliena participação em ações GGBR4 da Gerdau

Também entrou no radar corporativo a alimentação da Metalúrgica Gerdau sobre todas as ações preferenciais detidas na Gerdau (GGBR4).

Em comunicado divulgado na véspera (5), a Companhia explicou que a participação societária, em ações preferenciais, tinha como propósito restrito o investimento.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Assim sendo, “não objetivando alteração do controle acionário ou da estrutura administrativa da Gerdau S.A.”, anunciou.

Por outro lado, a Metalúrgica Gerdau permanece com a posição de 557,8 milhões de ações ordinárias. O montante representa 97,26% do total emitido pela companhia e, portanto, mantém sua posição de controlador na Gerdau.

Ontem, data em que o anúncio foi feito, as ações Metalúrgica Gerdau (GOAU4) encerraram o pregão cotadas a R$ 12,06.

Desse modo, os papéis já acumulam uma valorização de 15% no mês e de 26% no ano. Ao mesmo tempo, a Gerdau findou as negociações negociadas a R$ 26,67 por GGBR4. Assim, o ativo sobe 16% no mês e 32% no ano.

Radar corporativo: Gol (GOLL4) reporta alta de 33% na demanda doméstica em dezembro

Integrante de um dos setores mais abalados pela pandemia de covid-19, a companhia aérea Gol viu sua demanda crescer em dezembro.

De acordo com os resultados prévios de tráfego do mês passado, houve um salto de 33% na demanda doméstica ante novembro. Em contrapartida, a demanda contraiu 28,5% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Do mesmo modo, a oferta recuou 26,7% entre dezembro de 2020 e dezembro de 2019, mas avançou 38% na comparação com novembro de 2020.

Baixe gratuitamente: Dólar e Mini dólar – Desvendando este mercado

A Gol, que não realizou viagens internacionais em dezembro do ano passado, reportou uma taxa de ocupação de 81% no período.

Foram, em média, 476 voos por dia. A companhia aérea também reabriu três bases (Jericoacoara, Caldas Novas e Cabo Frio) no mês.

No total, a demanda entre janeiro e dezembro por voos nacionais anotaram um decréscimo de 48,3% na comparação com 2019. Assim também, a oferta caiu 46,8%, derrubando a taxa de ocupação para 80,6% dos 82,9% registrados nos 12 meses anteriores.

Leia outras notícias destaques do radar corporativo:

Ações que podem pagar os maiores dividendos em 2021

Proventos de B3, BTG Pactual, Sul América e estreias no Ibovespa

B3 divulga prévia do Ibovespa referente a janeiro até abril


Sobre o autor