Empresas

Proventos distribuídos por grandes bancos atingiu o quarto maior volume no 1º trimestre

Por Fast Trade
31 maio 2021 - 10:00 | Atualizado em 31 maio 2021 - 12:06
Bancos lucram 45% a mais

O Banco Santander (SANB11) foi o campeão entre os maiores bancos do Brasil na distribuição de proventos (dividendos e juros sobre capital próprio). No total, a instituição monetária distribuiu R$ 9,85 bilhões nos três primeiros meses do ano, de acordo com a Econométrica.

Em segundo lugar, o Banco Bradesco (BBDC3) distribuiu R$ 3,57 bilhões, seguido do Banco Itaú (ITUB4), com R$ 2,80 bilhões. Além disso, o Banco do Brasil (BBAS3) distribuiu R$ 1,98 bilhões em proventos no período.

+ Relatório: alocação de recursos

Assim sendo, nem mesmo o montante acumulado dos três bancos listados acima (R$ 8,35 bilhões) superou o primeiro colocado. Desse modo, a distribuição dos dividendos e JCPs dos grandes bancos na B3 chegou a R$ 18,2 bilhões entre janeiro e março.

Como resultado, as financeiras bateram o quarto maior volume de distribuição de proventos para um primeiro trimestre, desde 2009.

A partir de 2009, ano que marcou a estreia do Santander na B3, os maiores players do segmento na Bolsa de Valores  O resultado fica atrás dos repasses realizados no primeiro trimestre de 2020 (R$ 20,91 bilhões), 2018 (R$ 24,44 bilhões) e 2019 (R$ 27,97 bilhões), ano do maior repasse de proventos de janeiro a março.

Por outro lado, o Bradesco liderou o ranking no quesito lucro líquido, uma vez que o banco reportou R$ 6,2 bilhões no 1T21. Nesse sentido, o Banco Santander ficou em último (R$ 2,8 bilhões), atrás do Itaú (R$ 5,4 bilhões) e do Banco do Brasil (R$ 4,2 bilhões).

Por fim, continue acompanhando o portal Fast Trade para saber mais destaques dos maiores bancos do Brasil na B3.

Antes de mais nada, leia também:

Como o mercado se posiciona para a abertura desta segunda-feira, 31 de maio

Presidente da Câmara diz que é preciso agir para superar a crise por meio das reformas


Sobre o autor