Mercados

Principal índice de ADRs do Brasil recua em Nova York durante o feriado

Por Bruna Santos
22 abril 2020 - 07:33 | Atualizado em 22 abril 2020 - 07:33
ADRs do Brasil

O principal índice de ADRs do Brasil (as ações de empresas de fora dos EUA negociadas em Nova York), Dow Jones Brazil Titans 20 ADR, fechou em queda na Bolsa de Valores Nova York (NYSE) durante o feriado que manteve a B3 fechada na véspera (21).

Assim, o índice despencou 3,31% e chegou a 11.736 pontos, acompanhando o mau humor externo, repercutindo o preço do petróleo. Além disso, o ETF EWZ iShares MSCI Brazil Capped, índice que replica o Ibovespa em dólar, recuou 3,21% (US$ 24,12).

As companhias aéreas puxaram as maiores perdas do dia, enquanto nenhum papel do índice Brazil Titans 20 fechou em alta. Para se ter uma ideia, a Gol (GOLL4) recuou 8,57%, seguida da Azul (AZUL4), que contraiu 9,56% no mesmo pregão.

Drasticamente afetadas pelo surto do Covid-19, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) procura consolidar a operação resgate às aéreas já nos próximos dias, o que pode contar com a emissão de debêntures simples, com prazo de cinco anos, no valor total entre R$ 8 bilhões a R$ 10 bilhões.

Do mesmo modo, as perdas detectadas pelos papéis da Petrobras (PETR3/PETR4) impactaram o resultado negativo dos ADRs do Brasil. Apenas os ON recuaram 3,51%; os PN contraíram 2,48%. A Vale (VALE3), por sua vez, viu suas ações regredirem 2,50%.

Os principais bancos do Brasil, divididos entre Santander Brasil (SANB11), Itaú Unibanco (ITUB4) e Bradesco (BBDC4) contraíram aproximadamente 4%. Embora nenhum ativo do Brazil Titans 20 tenha contabilizado alta, a Ambev (ABEV3) registrou a baixa menos expressiva (-0,45%).


Sobre o autor