HomeMercados

Previdência privada capta R$ 6,4 bi em julho; crescimento é de 38,4% no ano, revela FenaPrevi

Por Bruna Santos
08 outubro 2019 - 10:40

Segundo a Fenaprevi, o segmento de previdência privada aberta cresceu fortemente em julho, com expansão de 168,2% na comparação anual.

A captação líquida, isto é, a diferença entre novos depósitos e resgates, contabilizou R$ 6,4 bilhões no período.

Além disso, os novos aportes dos investidores nos planos de previdência em junho totalizaram R$ 12,4 bilhões.

Esse saldo representa um avanço de 52% frente ao valor verificado também em julho, mas relacionado ao ano de 2018.

De acordo com a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), entidade que reúne 67 seguradoras e entidades abertas de previdência complementar do país, 13,2 milhões de brasileiros possuem hoje um plano de previdência.

As reservas dos planos de previdência contabilizaram R$ R$ 898,7 bilhões, 12,9% a mais que em julho de 2018.

“Já havíamos identificado uma forte retomada das contribuições no primeiro semestre deste ano e os dados de julho confirmam que os indivíduos estão ampliando suas contribuições em planos de previdência para garantir renda complementar na aposentadoria”, disse o presidente da FenaPrevi, Jorge Nasser.

A queda na taxa de juros tem aumentado o apetite por risco dos participantes dos planos de previdência complementar aberta.

Segundo a FenaPrevi, os planos VGBL lideraram os novos depósitos em julho, com 93% dos aportes realizados no período.

Por outro lado, os planos PGBL responderam por 6% dos novos ingressos no mês; os planos tradicionais equivalem a 1%.

De janeiro a julho 2019, a captação de previdência privada registrou R$ 68,2 bilhões em novos depósitos, alta de 14,3%.

A captação líquida, por sua vez, totalizou R$ 26,8 bilhões no período, isto é, alta de 38,4% frente a 2018.


Sobre o autor