Política

Presidente Jair Bolsonaro pede fim da mobilização dos caminhoneiros

Por TradersClub
09 setembro 2021 - 09:57 | Atualizado em 09 setembro 2021 - 18:22
fim da mobilização dos caminhoneiros

Brasília, 9 de setembro – As principais notícias políticas que estão no radar do mercado: O presidente Jair Bolsonaro solicitou o fim da mobilização dos caminhoneiros; houve também um pronunciamento de Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal e mais:

Caminhoneiros: O presidente Jair Bolsonaro encaminhou áudio a grupos de caminhoneiros aliados pedindo que desmobilizem a paralisação iniciada em rodovias de pelo menos 15 estados, em mais um sinal do mal estar social causado pela alta dos combustíveis e a disparada da inflação. Na mensagem, cuja veracidade foi confirmada pelo ministro Tarcísio de Freitas, Bolsonaro chama a categoria de aliada e pede fim dos bloqueios citando os potenciais danos que os protestos causariam na economia.

LEIA: O que é Ibovespa futuro e como funciona esse investimento?

Poderes: Todos os líderes de Poderes se pronunciaram ontem de forma separada e concordaram que é necessário ter harmonia para combater os “reais problemas do Brasil”.

Pronunciamentos: Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal, disse que desrespeito a decisões judiciais é crime de responsabilidade. Arthur Lira, presidente da Câmara, e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, não citaram Bolsonaro ou impeachment, mas pediram o fim do extremismo e do autoritarismo para a retomada do diálogo.

Dobrando a aposta: Ontem, em reunião do Conselho de Governo, Bolsonaro disse que não recuará das críticas ao ministro Alexandre de Moraes, do STF, e enfatizou que não combate a instituição, mas uma pessoa que afronta a Constituição com medidas “autoritárias”, segundo o Valor.

Estratégia: A radicalização cada vez maior do discurso e os embates com ministros do STF fazem parte de uma estratégia do presidente Bolsonaro de recriar o personagem “antissistema” que o levou ao Planalto em 2018, reporta ainda o Valor.

Ruídos: Essa estratégia tem causado desconforto entre ministros da ala política, como o chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, e a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda.

PSDB: O partido anunciou que, por unanimidade, passa a integrar a oposição ao governo e dará início à “discussão sobre a prática de crimes de responsabilidade pelo presidente da República”.

Pauta econômica: Lira e Pacheco voltarão a negociar avanço de Reforma do Imposto de Renda e do Refis,em reunião que deverá acontecer ainda nesta semana para tratar de pauta econômica, disseram fontes ao Scoop.

LEIA: Veja como declarar ganhos e perdas de day trade no Imposto de Renda

Entendimentos: Um acordo entre eles é mais essencial para as reformas do que a pacificação entre os Poderes, conforme reportado.

Eleições: Após apelo de líderes, a Câmara adiou para hoje a análise do novo Código Eleitoral, a partir das 10h00.

Fim da mobilização dos caminhoneiros


Sobre o autor