EmpresasHome

Prejuízo da Eternit recua quase 74% no 4º trimestre e ativos totais sobem

Por Pablo Vinicius Souza
24 março 2019 - 11:20

A Eternit, líder de mercado no segmento de coberturas, apontou um prejuízo líquido, atribuível aos sócios controladores, de R$ 60,3 milhões no 4º trimestre de 2018.

O saldo equivale a uma redução de 73,7% ante ao prejuízo amargado no mesmo período do ano anterior, quando a empresa cravou um saldo de R$ 229,7 milhões.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

No mesmo período, seus ativos totais fecharam o trimestre em R$ 569.14 milhões, alta de 0,98% quando comparado ao 4º trimestre de 2017 (R$ 563.62 milhões).

A receita operacional líquida da companhia, por sua vez, amargou um recuo de 10,2% em comparação a outubro-dezembro de 2017 e fechou em R$ 147,9 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) também não foi um índice positivo no trimestre e negativou R$ 38,3 milhões.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

Em uma retração ainda mais evidente, o patrimônio líquido da empresa recuou 92,82% ante a todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam à época do fechamento do último trimestre de 2018 (R$ 12.25 milhões) com a mesma data em 2017 (R$ 170.51 milhões).

No acumulado do ano, o prejuízo líquido também caiu (46%) e fechou 2018 com R$ 149,3 milhões. Em 2017, o mesmo índice ficou em R$ 276,4 milhões.

Também nos 12 meses de 2018, a receita de R$ 536,9 milhões apontada representa um recuo de 19,4% quando comparada aos R$ 665,7 milhões obtidos no ano de 2017.

De acordo com a Eternit, essa soma foi menor que o valor médio dos últimos cinco anos (R$ 796.63 milhões) da companhia, quando sua receita líquida diminuiu, em média, 13,93% por ano.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

No mesmo período, o Ebitda foi negativo (R$ 92,2 milhões), baixa de 52,2% ao ano anterior, quando a companhia havia registrado no acumulado do ano um saldo de R$ 192,9 milhões.

A empresa celebrará sua teleconferência de resultados na próxima terça-feira (26), a partir das 15h (horário de Brasília).

Você pode conferir o press release e as demonstrações financeiras clicando aqui.


Sobre o autor