Mercados

Preços do petróleo refletem otimismo sobre vacina; Brent ultrapassa US$ 50 o barril

Por Fast Trade
10 dezembro 2020 - 20:01 | Atualizado em 10 dezembro 2020 - 20:27
exportação de petróleo

Após dias pressionados e fechando próximos da estabilidade, os preços do petróleo voltaram a subir, com destaque para o Brent.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Em Londres, a referência global ultrapassou a marca dos US$ 50 o barril pela primeira vez desde março. Nesse sentido, o dia foi marcado por um otimismo em relação à vacina contra o novo coronavírus.

Assim também, a desvalorização do dólar contribuiu para o salto nos preços do petróleo, uma vez que o movimento do câmbio tornou a commodity de energia mais barata para os detentores de outras divisas. Além disso, o mercado reagiu à perspectiva de aprovação de estímulos fiscais nos Estados Unidos.

Desse modo, o contrato do petróleo Brent para fevereiro avançou 2,84%, encerrando o pregão cotado a US$ 50,25 por barril. Em segundo lugar, o WTI para janeiro valorizou 2,76%, a US$ 46,78 por barril em Nova York.

De acordo com o Valor Econômico, baseado em dados da FactSet, este foi o melhor fechamento para a referência americana desde 4 de março.

Considerando o destaque na sessão, a Capital Economics avalia que é possível que o Brent ultrapasse os US$ 60 por barril ao final de 2021. A projeção vem como resultado de uma perspectiva de retomada da demanda global.

Na contramão, os riscos sinalizados pela consultoria englobam, por exemplo, uma recuperação econômica mais fraca do que o previsto. Ademais, uma alta na produção por parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) pode mudar a projeção.

Isso porque a Opep+ surpreendeu o mercado quando decidiu aumentar a produção da commodity energética em janeiro. Confira. Ao mesmo tempo, uma alta nas exportações do Irã, bem como um aumento da produção nos Estados Unidos podem comprometer a previsão.

Vacina e os preços do petróleo

Em nota, Stephen Innes, estrategista-chefe de mercados globais da Axi, avaliou que “há um sentimento positivo relacionado à vacina que é suficiente para manter o mercado sob controle”.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Por um lado, “a Organização Mundial da Saúde disse que os saltos nos casos semanais de covid-19 nos Estados Unidos e no Canadá são particularmente problemáticos” conforme o inverno se aproxima.

Em contrapartida, a estrategista destacou que “os EUA estão se aproximando da aprovação da vacina”. A retirada das sanções ao país persa por parte da administração de Joe Biden, presidente eleito dos EUA, é vista com atenção.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram: https://t.me/plataformafasttrade.

Leia também:

 


Sobre o autor