EconomiaHome

Preços ao produtor caem 1,14% em junho, diz IBGE

Por Eloiza Amaral
31 julho 2019 - 11:42
confiança da indústria; faturamento da indústria

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), caiu 1,14% em junho na comparação com o mês anterior, quando foi registrada uma alta de 1,39%, apontou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (31).

Nesta medição, 8 das 24 atividades apresentaram variações positivas de preços, e o acúmulo em 12 meses é de avanço de 3,75%, e no ano de 2,76%.

Segundo o IBGE, ‘’as quatro maiores variações em junho de 2019 foram nas seguintes atividades industriais: refino de petróleo e produtos de álcool (-7,24%), papel e celulose (-4,65%), calçados e artigos de couro (-3,56%) e fumo (-2,91%). Já as maiores influências vieram de refino de petróleo e produtos de álcool (-0,78 p.p.), alimentos (-0,19 p.p.), papel e celulose (-0,16 p.p.) e farmacêutica (0,08 p.p.)’’.

As atividades que apresentaram maior acúmulo em suas variações foram indústrias extrativas (22,63%), refino de petróleo e produtos de álcool (11,23%), farmacêutica (9,35%) e papel e celulose (-6,09%). Já os setores de maior influência foram: refino de petróleo e produtos de álcool (1,05 p.p.), indústrias extrativas (0,94 p.p.), farmacêutica (0,29 p.p.) e alimentos (0,27 p.p.).

Entre as grandes categorias econômicas, a queda de 1,14% em junho repercutiu da seguinte maneira: -0,56% em bens de capital; -1,15% em bens intermediários; e -1,24% em bens de consumo, sendo que 0,04% foi a variação observada em bens de consumo duráveis e -1,51% em bens de consumo semiduráveis e não duráveis.

Leia a análise do IBGE completa


Sobre o autor