HomePolítica

Planos de ofertas de ações ganham mais força na B3 após anúncio da Vamos

Por TradersClub
26 fevereiro 2019 - 11:06

O mercado de ofertas de ações está ganhando cada vez mais força, apesar da crescente incerteza do investidor em relação à aprovação da reforma da Previdência e o clima de relativa aversão ao risco imperante nos mercados globais – por conta da guerra comercial e outros eventos geopolíticos.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

Na noite de segunda-feira, a JSL entrou com pedido de análise de oferta pública inicial de ações, ou IPO, na CVM, para listar a Vamos, sua locadora de caminhões e máquinas. A transação envolveria uma oferta primária e secundária de ações, que poderia levantar mais de R$1 bilhão e seria precificada mais para a segunda metade de abril, se todos os processos e rituais fossem cumpridos, disse uma fonte à TC News.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

As boas novas para a JSL vêm na esteira de mais anúncios recentes sobre possíveis ofertas envolvendo o Banco Votorantim, que deve listar suas ações mediante uma oferta secundária, onde o Banco do Brasil será o acionista vendedor – o negócio pode ser coisa de mais de R$3 bilhões.

Baixe o e-book: Guia completo para investimento em renda fixa

Hoje a IRB Brasil deve precificar sua oferta secundária, mediante a qual a Caixa Econômica reduzirá sua participação, com forte interesse de investidores estrangeiros, disseram fontes ao jornal O Estado de S. Paulo.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio


Sobre o autor