Agronegócio

PIB do agronegócio irá crescer acima do esperado, prevê Ipea

Por Fast Trade
24 março 2021 - 07:30 | Atualizado em 24 março 2021 - 09:45
PIB do agronegócio

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revisou para cima a estimativa para o PIB do agronegócio. Conforme o levantamento divulgado na véspera (23), a expectativa para o setor passou de +1,5% para +2,2% em 2021.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Apesar do agravamento da pandemia do novo coronavírus, a revisão considera as projeções atualizadas da produção agropecuária. Nesse sentido, a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) indicou que as exportações de soja podem totalizar 16,18 milhões de toneladas em março.

De volta ao PIB do agronegócio, segundo o Ipea, a alta deve ser atribuída, acima de tudo, a dois componentes. Em primeiro lugar está a produção animal, isto é, os segmentos da pecuária: bovinos, suínos, aves, leite e ovos; além da pesca e da piscicultura).

Ainda que todas as áreas cresçam nessa projeção para o PIB do agronegócio, a produção das aves se destaca (+3,8%). Assim também, a estimativa é de alta para os segmentos bovino (+1,5%), leite (+1,7%), suínos (+1,7%) e ovos (2,3%).

No entanto, o segmento de bovinos deve ser monitorado, segundo Pedro Garcia, um dos autores do estudo e pesquisador associado ao Ipea.

Ele pontuou, por exemplo, os riscos associados ao baixo nível de abates em janeiro no sistema de inspeção federal. “Nossa expectativa é que isso melhore no segundo semestre de 2021, mas essa oferta baixa no começo do ano pode prejudicar o segmento de bovinos e impactar negativamente a estimativa que temos para o resultado total do setor agropecuário em 2021”, observou.

Produção vegetal no PIB do agronegócio

Em segundo lugar, o instituto indicou a produção vegetal que, por sua vez, é composta por produtos da lavoura e pela exploração florestal). Aqui, o destaque é atribuído à nova safra recorde de soja, com estimativa de +7,3% no ano.

Segundo o Ipea, a soja é a única cultura entre as mais importantes da lavoura com perspectiva de forte crescimento no ano corrente. A produção do milho, por sua vez, deve aumentar apenas 0,3%.

Em contrapartida, outras culturas que vinham performando bem devem anotar uma variação negativa, como a cana-de-açúcar (-1,5%) e o café (-23,9%).

Por fim, leia mais sobre a revisão sobre o PIB do agronegócio para 2021.

O levantamento foi inspirado nas estimativas do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Acesse também:

Confiança dos comerciantes recua sem previsão de imunização em massa, mostra CNC

Brasil é a bola da vez para as startups do agronegócio


Sobre o autor