Agronegócio

PIB do agronegócio brasileiro cresce 5,26% na primeira metade do ano

Por Fast Trade
23 setembro 2020 - 16:00 | Atualizado em 23 setembro 2020 - 17:41
PIB do agronegócio

O PIB do agronegócio brasileiro, a soma de todos os bens e serviços finais produzidos por um País, cresceu 5,26% na primeira metade de 2020.

De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o salto computado para o Produto Interno Bruto agro no primeiro semestre é comparado ao mesmo período do ano passado.

Leia também: Mapa estima Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) recorde em 2020

Conforme a sondagem, o principal destaque do recente resultado foi o segmento primário, isto é, as atividades que acontecem “dentro da porteira”.

Nesse contexto, houve uma variação de quase 15% (+14,91% entre janeiro e junho deste ano, seguido por serviços (+4,76%) e insumos (+1,69%), mostrou o estudo. Essa valorização no PIB do agronegócio refletiu as safras recordes de grãos e preços elevados por um câmbio favorável a exportações.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Destaques do PIB do agronegócio

Assim também, o cenário favoreceu a valorização do segmento pecuário, revelou a amostragem.

Em contrapartida, agroindústria foi o único elo com queda nos seis primeiros meses do ano (-0,76%), sendo o segmento mais afetado pela pandemia da Covid-19.

Na avaliação da CNA e o CPA por meio de nota referindo-se à oferta, “a volumosa safra de grãos tem garantido atendimento à crescente demanda internacional dos produtos do agronegócio brasileiro, impulsionada também pela desvalorização frente ao dólar”.

Baixe gratuitamente: Dólar e Mini Dólar – Desvendando este mercado

Por sua vez, o PIB agrícola avançou 2,93% na mesma base de comparação, respondendo aos preços maiores de janeiro a junho de 2020.

Classificado como “excelente” pelas entidades, o resultado do segmento primário agrícola foi impulsionado também pela “expectativa de maior produção na safra atual com uma safra recorde de grãos e crescimento destacado de produtos como café e laranja”.

Já o Produto Interno Bruto da atividade pecuária subiu de modo ainda mais expressivo (+10,41%) no semestre, refletindo também os bons preços das proteínas animais.

Em junho, o PIB do agronegócio subiu 1,31%, sexto mês consecutivo de alta, com crescimento mensal de 3,02% no segmento primário. Ademais, os outros elos integrantes da cadeia produtiva cresceram 1,15% (agrosserviços), 0,79% (insumos) e 0,27% (agroindustrial).

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader

Pacotes econômicos

Apesar da pandemia, os instrumentos de políticas públicas para garantir a renda aos mais impactados pela crise foram destacados pelo estudo como fator que sustentou a demanda doméstica, para produtos agrícolas e agroindustriais.

Por fim, acesse o estudo completo sobre o PIB do agronegócio no primeiro semestre de 2020.

Quer ficar informado de tudo o que acontece no mercado financeiro? Participe do canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade. É gratuíto!


Sobre o autor