HomeMercados

Petróleo segura viés de alta, apesar da propagação do coronavírus

Por Pablo Vinicius Souza
13 fevereiro 2020 - 19:44
exportação de petróleo

Os contratos futuros de petróleo encerraram em alta nesta quinta-feira (13), com os investidores avaliando o cenário de avanço do coronavírus.

O petróleo vendido em Nova Iorque no West Texas Intermediate (WTI), com entrega para março, avançou 0,48%, no preço de US$51,42 o barril.

Já o petróleo Brent comercializado na ICE de Londres, para entrega em abril, subiu 0,98%, fechando na cotação de US$56,34 o barril.

Embora as duas referências, global e americana, tenham acumulado ganhos ao longo desta semana, ambas registram leve queda no mês, após a entrada em “bear market”.

As cotações operaram pressionadas pelo clima de aversão ao risco, que se acentuou após a confirmação de novos casos de contaminação pelo coronavírus na província de Hubei.

O governo chinês realizou uma mudança na metodologia de avaliação dos casos suspeitos, elevando o número de infectados em 15.152.

Ao todo, já são mais de 59.804 pessoas com o vírus e outras 1.368 foram à óbito, somente no território da China continental.

O número superou com folga as quantidades reportadas nos últimos dias, renovando a preocupação dos investidores quanto aos impactos da doença sobre a demanda global da commodity.

Contudo, os ânimos se acalmaram com a declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmando que a alteração no método de identificação dos casos não muda, necessariamente, a trajetória da epidemia prevista pelos especialistas.


Sobre o autor