HomeMercados

Petróleo registra queda superior a 2% sob efeito do coronavírus

Por Pablo Vinicius Souza
26 fevereiro 2020 - 18:52
exportação de petróleo

Os contratos futuros de petróleo encerraram em forte queda nesta quarta-feira (26), refletindo o aumento das preocupações quanto aos impactos e ao avanço do coronavírus.

O petróleo vendido em Nova Iorque no West Texas Intermediate (WTI), com entrega para abril, recuou 2,36%, no preço de US$48,73 o barril.

Já o petróleo Brent comercializado na ICE de Londres, para entrega no mesmo mês, caiu 2,76%, fechando na cotação de US$53,43 o barril.

O crescimento do número de novos casos de infecção pelo Covid-19 no mundo tem assustado os investidores e provocado intensa volatilidade no mercado.

As preocupações com os possíveis impactos da doença sobre a economia global ofuscaram, até mesmo, a melhora nos dados sobre os estoques da commodity nos Estados Unidos.

Segundo o Departamento de Energia americano (Doe), os estoques de óleo bruto aumentaram em apenas 452 mil barris na semana passada, contrariando a projeção de alta em 2,1 milhões de barris.

Mesmo assim, o acréscimo menor nos estoques sugere que há uma demanda em desenvolvimento e que poderá fazer frente às turbulências provocadas pela epidemia.

Ao todo, já são mais de 81 mil casos de infecção confirmados em 28 países diferentes e cerca de 2.770 pessoas vieram à óbito pela doença.

Ainda não é possível prever quando as autoridades conseguirão controlar definitivamente o risco de contágio do vírus, porém, os especialistas já sabem que a situação afetará, substancialmente, o crescimento das atividades dos países.


Sobre o autor