HomeMercados

Petróleo fecha em queda com preocupações sobre a demanda global

Por Pablo Vinicius Souza
22 agosto 2019 - 18:44
exportação de petróleo

Os contratos futuros de petróleo recuaram no pregão desta quinta-feira (22), refletindo a ação de diferentes variáveis que convergem para a piora do cenário internacional e apresentam potencial de impacto na demanda.

Pela manhã, o IHS Markit divulgou os dados sobre o Índice Gerente de Compras (PMI) da manufatura nos Estados Unidos, revelando uma contração da atividade, que pela primeira vez em dez anos, caiu abaixo da referência de 50.

Adicionalmente, a inversão da curva de juros dos Treasuries americanos de 2 e 10 anos registrada na semana passada, também elevou o sentimento de risco, já que o evento antecedeu as últimas sete recessões econômicas do país.

Os investidores estão temerosos quanto à um possível excedente de oferta, tendo em vista o ritmo de desaceleração das atividades e os altos níveis de produção da commodity.

Embora o Departamento de Energia tenha divulgado uma redução de 2,7 milhões de barris nos estoques de óleo bruto nos EUA, o aumento das reservas de gasolina e destilados pressionou a queda das cotações.

Além disso, em um novo capítulo da guerra comercial sino-americana, o governo chinês comunicou que adotará medidas de retaliação contra a ofensiva tarifária de Washington, que entrará em vigor a partir do dia 01 de setembro.

Como resultado, o petróleo WTI para entrega em outubro caiu 0,59%, sendo cotado a US$55,35 o barril e o petróleo Brent para o mesmo período recuou 0,63%, sendo negociado a US$59,92 o barril.


Sobre o autor