HomeMercados

Petróleo fecha em queda avaliando possível desaceleração na demanda

Por Pablo Vinicius Souza
04 fevereiro 2020 - 19:43
exportação de petróleo

Os contratos futuros de petróleo encerraram em queda nesta terça-feira (04), refletindo as preocupações quanto à possível desaceleração na demanda global da commodity.

O petróleo vendido em Nova Iorque no West Texas Intermediate (WTI), com entrega para março, recuou 0,99%, no preço de US$49,61 o barril.

Já o petróleo Brent comercializado na ICE de Londres, para entrega em abril, teve queda de 0,89%, fechando na cotação de US$53,96 o barril.

Depois de esboçar um movimento de alta, os preços de óleo bruto mudaram de direção, após os investidores avaliarem os impactos do coronavírus na demanda.

Segundo projeções da BP, o surto de coronavírus poderá afetar o consumo de petróleo em até 40% este ano, agravando ainda mais a situação dos países integrantes da Opep, que já operavam reduzindo a produção.

Com essa situação, será inevitável a adoção de novas estratégias para segurar as cotações da commodity, já que o cenário de excesso de oferta é quase certo.

O cartel promoveu uma reunião hoje, em Viena, para traçarem uma possível resposta à epidemia, considerando aprofundar os cortes no volume de produção em até 500 mil barris diários.


Sobre o autor