Mercados

Petróleo Brent passa de US$ 113,00 o barril e atinge maior marca desde junho de 2014

Por Fast Trade
02 março 2022 - 10:44 | Atualizado em 02 março 2022 - 12:28
alta com Petrobras

Novas sanções aos bancos russos foram impostas e hoje, quarta-feira (02) o preço do petróleo dispara pelos temores de interrupção do fornecimento da commodity. Mais cedo, o tipo Brent subiu mais de US$ 8 e atingiu um pico de US$ 113,02 por barril, maior valor desde junho de 2014.

Já os contratos futuros de petróleo West Texas Intermediate (WTI), negociado nos Estados Unidos, tiveram avanço de mais de US$ 8 por barril e chegou a uma máxima desde agosto de 2013. Dessa forma, o preço marcou US$ 108,50 por barril, alta de 5%.

+ Guia completo sobre investimentos em fundos multimercados

“Devido às opções limitadas de diversificação, qualquer interrupção nas exportações de energia da Rússia resultará em outra crise energética na Europa”, disse Kaho Yu, analista de risco da Verisk Maplecroft.

“Embora os EUA tenham pedido uma liberação global de reservas de petróleo, os preços do petróleo provavelmente permanecerão acima de 100 dólares, a menos que suprimentos alternativos significativos entrem no mercado”, continuou o analista.

Oferta global

É preciso ressaltar, além disso, que a Rússia é responsável por cerca de 8% da oferta global de petróleo. A Exxon Mobil disse na véspera que não iria continuar as operações na Rússia. O que acarreta no encerramento da produção em grandes instalações de produção na ilha Sakhalin, extremo oriente do país europeu.

Com efeito, nem o acordo de terça (01) que prevê a liberação coordenada de 60 milhões de barris de petróleo pelos países membros da Agência Internacional de Energia conseguiu apaziguar os ânimos do mercado.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Por fim, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Rússia e aliados, Opep+, se reuniu nesta quarta-feira (02) e manteve os planos de oferta da commodity. Os países membros decidiram “ajustar para alta seu nível total de produção em 400.000 barris por dia para o mês de abril de 2022”.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Petróleo Brent passa de US$ 113,00 o barril e atinge maior marca desde junho de 2014

Leia também:

Radar do Trader: Discurso de Powell, Relatório ADP, livro bege, Caged e Boletim Focus

Inflação preocupa mesmo antes do conflito na Ucrânia, dizem analistas

Juros, commodities e migração dos fluxos de capital podem amparar os ativos locais


Sobre o autor