HomeMercados

Petróleo avança com Brexit e câmbio, desviando da alta nos estoques

Por Pablo Vinicius Souza
17 outubro 2019 - 19:43
exportação de petróleo

Os contratos futuros de petróleo encerraram em alta nesta quinta-feira (17), impulsionados pelo acordo para o Brexit e pelo enfraquecimento do câmbio no mercado internacional.

Depois de tantas idas e vindas, o Reino Unido e a União Europeia conseguiram chegar a um acordo para conduzir a saída britânica do bloco europeu.

Formalmente, os termos ainda precisam ser ratificados pelos respectivos parlamentos, contudo, o sentimento é de otimismo, já que houve ampla aceitação por ambas as partes.

Outro catalisador do avanço das cotações foi o enfraquecimento dólar, barateando as cotações e motivando os investidores com outras divisas a apostar em commodities.

Contudo, o desempenho geral foi bastante limitado pelos dados publicados ontem, após o fechamento do mercado, pelo Departamento de Energia (DoE) dos Estados Unidos.

Segundo o relatório da instituição, os estoques aumentaram 9,281 milhões de barris na semana passada, totalizando 434,85 milhões.

Além disso, a produção industrial americana recuou 0,4% em setembro, mostrando que a guerra comercial com a China acentuou o ritmo de contração nas atividades.

Novamente, as preocupações com a desaceleração da economia global e a consequente queda na demanda por óleo bruto, continuaram afetando as perspectivas.

No fim da sessão, o petróleo vendido no West Texas Intermediate (WTI) para entrega em novembro avançou 1,05%, sendo negociado a US$53,93 o barril.

Já o petróleo Brent para dezembro, comercializado na ICE de Londres, teve alta de 0,81%, na cotação de US$59,91 o barril.


Sobre o autor