EmpresasHome

Petrobras começará a vender refinarias a partir de junho para reduzir dívidas

Por Eloiza Amaral
17 abril 2019 - 13:41
Opep reduz previsão da demanda mundial de petróleo em 2019 devido tensões

Segundo informações do blog do João Borges, do G1, a Petrobras decidiu vender metade de suas refinarias de petróleo a partir de junho. As 13 unidades em 2018 conseguiram refinar cerca de 2,2 milhões de barris por dia, e o objetivo agora é disponibilizar a capacidade de refino.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

A medida passará por aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ainda este mês, afim de estimular competição no mercado, evitando a concentração das refinarias sob posse de um único grupo privado.

Os centros de refino que serão vendidos ficam nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Com as negociações será possível diminuir o monopólio regional. Desta forma, uma empresa que adquirir a refinaria do Paraná não poderá comprar também a do Rio Grande do Sul.

A Petrobras espera conseguir arrecadar entre R$10 bilhões e R$15 bilhões, e o montante será destinado ao pagamento de dívidas.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Como o governo brasileiro pode indicar pessoas para cargos de liderança, as decisões da companhia também ficam à mercê das vontades do governo. As intervenções do órgão levam a Petrobras diminuir os lucros, pois acaba vendendo o produto abaixo do que custou para produzir.

As intervenções do governo acontecem quando o preço fica acima da paridade internacional, como já aconteceu em 2015, e os grandes consumidores importam o combustível, levando a Petrobras a perder mercado.


Sobre o autor