Mercados

Perspectivas nacionais e internacionais para a abertura desta quarta-feira

Por TradersClub
07 abril 2021 - 09:56 | Atualizado em 07 abril 2021 - 15:38

O início dos negócios na B3 foi de por perspectivas nacionais e internacionais, com o índice rodando as máximas históricas, à espera da ata do FOMC.

Nesse sentido, PMIs, índices de gerentes de compras, de serviços da Zona do Euro bateram estimativas. O pregão é de altas de commodities.

A agenda nos EUA traz balança comercial e estoques de petróleo. Aqui saem produção de veículos pela Anfavea e fluxo cambial. Desse modo, o destaque é o leilão de aeroportos, na Infra Week, que vai testar apetite pelo país e pode animar ativos.

Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Discussões no impasse do Orçamento ganhou novos contornos que podem pressionar riscos fiscais. Acima de tudo. parlamentares ameaçam votar projetos que podem ser bancados com a emissão de títulos do Tesouro, ante explosão de mortes por covid-19 e freio da equipe econômica em avançar com novos estímulos a empresas e famílias.

Pode ser bem-recebido o jantar entre o presidente Jair Bolsonaro e empresários. Da mesma forma, reveses em ofertas públicas iniciais estão no radar. Está programada hoje a precificação do IPO da Allied.

Para mais informações, leia o Espresso das 08h00.
Bolsa: Índice deve abrir em alta. O EWZ, que replica o Ibovespa, subia 0,53%.
Dólar: Moeda deve abrir estável. Riscos fiscais e sanitários, além da ata do FOMC estão no radar.
Juros: Devem seguir câmbio e yields, após IGP-DI mais fraco do que o esperado de olho na solução para Orçamento e vírus.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Perspectivas nacionais e internacionais para a abertura desta quarta-feira

Leia também:

Demanda por bens industriais diminuiu 1,2% entre janeiro e fevereiro 

PMI de serviços do Brasil caiu a 44,1 em março com demanda afetada pela pandemia


Sobre o autor