HomeMercados

Perdas no setor de turismo podem chegar a US$ 22 bilhões com coronavírus

Por Bruna Santos
28 fevereiro 2020 - 08:42

setor de turismo perder ao menos US$ 22 bilhões em meio a epidemia global do coronavírus, afirmou a presidente do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC, na sigla em inglês), Gloria Guevara.

Só para ilustrar, na volta das negociações do Ibovespa após o feriado de Carnaval, aberto a partir das 13h de quarta-feira (26), as companhias aéreas Azul e Gol, além da empresa de venda de pacotes turísticos CVC (CVCB3) foram algumas das que mais contabilizaram quedas percentuais elevadas.

Ontem, as companhias Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) foram algumas das que voltaram a liderar o ranking negativo da sessão. Guevara explicou em entrevista ao jornal espanhol “El Mundo” que o cálculo não é definitivo.

Feito em parceria com a Oxford Economics, essa estimativa de queda do setor de turismo foi baseada em crises similares. Embora ainda seja cedo para estimar o impacto do coronavírus no turismo mundial, os cálculos preliminares apontam esse saldo de, no mínimo, US$ 22 bilhoes.

“O cálculo toma como referência as perdas derivadas dos turistas chineses que estão deixando de viajar nestas semanas”, disse ela. “Como se sabe, os chineses são os viajantes que mais gastam”, ressaltou Guevara ao “El Mundo”.

De acordo com a presidente do WTTC, as perdas serão maiores, obviamente, na Ásia, em especial na China, país no qual o turismo representa 11% do PIB. Ela salientou que “90% dos custos relacionados com esse tipo de surto não são pelo vírus propriamente dito, mas sim pelas decisões e pelo pânico que é gerado entre a população”.

Por consequência da confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil, importado da Europa, alguns brasileiros já buscam alternativas para adiar suas viagens. Por fim, o Estadão informou que o presidente Jair Bolsonaro, pode cancelar viagem à Itália por causa da doença.

Leia mais notícias que impactam o setor de turismo:

Coronavírus tem mais destaque que incerteza política; PNAD de janeiro; PIB e outras notícias

Previsão de crescimento econômico para Brasil recua a menos de 2%, diz bancos de Wall St

Coronavírus pode reverter ciclo de recordes para frigoríficos

Empresas do Ibovespa perdem R$ 257 bilhões em valor de mercado na volta do Carnaval

Ibovespa fecha em queda de 2,59% após sessão volátil e temores com coronavírus


Sobre o autor