HomePolítica

Parlamento do Reino Unido aprova lei que impede Brexit sem acordo

Por Eloiza Amaral
04 setembro 2019 - 16:33

Os deputados britânicos aprovaram nesta quarta feira (4), por 327 votos a 299, uma proposta de lei que obriga o governo a solicitar um novo adiamento do Brexit caso não haja acordo.

Na votação em primeiro turno o texto havia sido aprovado com 329 votos a favor e 300 contra.

Esta é mais uma derrota do primeiro ministro Boris Johnson, que era contra qualquer alteração no processo. Quando eleito, Johnson afirmava que o Brexit aconteceria em 31 de outubro com ou sem acordo.

Recentemente, o premiê conseguiu autorização da rainha Elizabeth II para que as atividades do Parlamento britânico sejam suspensas por um mês, entre 12 de setembro e 14 de outubro, a fim de reduzir as probabilidades de que a entidade bloqueasse um Brexit sem acordo.

Nesta terça feira (3), o primeiro ministro já havia perdido a maioria parlamentar com a rebelião de 21 deputados do Partido Conservador.

Nesta manhã, Johnson já havia desafiado o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, a concordar com uma eleição parlamentar antecipada em 15 de outubro. O primeiro ministro ainda chamou um plano liderado pelos trabalhistas para tentar impedir um Brexit sem acordo de “rendição”.

A saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo interromperia o fluxo de mercadorias e de pessoas entre o Reino e o restante da Europa, dificultando o crescimento econômico e podendo levar até a uma crise.


Sobre o autor