Criptomoedas

Panorama Cripto: Bitcoin sobe mais de 5% e volta ao patamar dos US$20 mil

Por TradersClub
15 julho 2022 - 10:50 | Atualizado em 20 julho 2022 - 12:45
Bitcoin
Imagem: André François McKenzie/Unsplash

O Bitcoin era negociado a US$20,7 mil na Coinbase perto das 9h, com alta de 5,2% em 24 horas. A rede do Bitcoin alcançou valor de mercado de US$399 bilhões e movimentou US38 bilhões nas últimas 24 horas, segundo dados do CoinGecko.

Confira a seguir outros destaques do mercado de criptoativos para esta sexta-feira.

DeFi e NFTs

A plataforma mais popular de comercialização de NFTs, OpenSea, demitiu 20% dos funcionários devido ao cenário de baixa no mercado cripto e à instabilidade no ambiente macroeconômico, segundo o presidente Devin Finzer anunciou ontem pelo Twitter.

Empresas

New York Yankees – Equipe americana de beisebol anunciou parceria com a plataforma NYDIG para que os jogadores possam converter parte dos seus salários em Bitcoin. Conforme pesquisa recente da NYDIG, 36% dos funcionários americanos com menos de 30 anos têm interesse em receber parte dos proventos na criptomoeda.

Three Arrows Capital – Os credores do fundo de hedge estão tentando mover o processo de falência das Ilhas Virgens Britânicas para Cingapura, segundo o jornal Straits Times. Caso a estratégia funcione, eles terão acesso aos ativos que estão em Cingapura e, possivelmente, aos bens de Su Zhu e Kyle Davies, os fundadores do fundo.

Regulamentação

Criminosos e pessoas em países sancionados são os maiores utilizadores de remixadores de criptoativos, de acordo com relatório da Chainalysis divulgado ontem. Cerca de 23% dos endereços que utilizaram os serviços em 2022 são ilícitos, contra 12% em 2021. Os remixadores misturam fundos de vários endereços para dificultar o rastreio das transações.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

Panorama Cripto: Bitcoin sobe mais de 5% e volta ao patamar dos US$20 mil

Leia também:

Ibovespa futuro sobe apesar de PIB chinês abaixo do consenso

Com perspectiva de margens menores, venda da Braskem desacelera mais uma vez


Sobre o autor