EmpresasHome

‘Operação Descarte’ cumpre mandados de busca em operação que pode envolver Cemig

Por TradersClub
11 abril 2019 - 11:08
IRB Brasil Cemig

A Polícia Federal deflagrou hoje a quarta fase da “Operação Descarte”, que apura operações fraudulentas utilizadas para esconder crimes de lavagem de dinheiro e peculato em empresas de economia mista no setor elétrico, que a imprensa identificou como Cemig e sua subsidiária, Renova Energia.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

A Fase, chamada de “E o Vento Levou”, executa 26 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Segundo comunicado da PF, as investigações buscam ligações entre ações de grupo criminoso para ocultar crimes de sonegação fiscal, associação criminosa, lavagem de dinheiro, peculato, evasão de divisas e falsidade ideológica. A operação já tinha detectado a atuação do grupo em fraudes envolvendo uma sociedade de economia mista do setor elétrico e empresas do setor eólico.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

O jornal O Estado de S. Paulo disse que a empresa vítima das fraudes no caso seria a Cemig. A empresa de energia eólica seria a Renova, da qual a Cemig detém o controle.


Sobre o autor