EmpresasHome

Oi planeja disponibilizar os serviços de fibra óptica a 8,6 milhões de domicílios até o final de 2020

Por Pablo Vinicius Souza
26 março 2020 - 18:34

Ainda em recuperação judicial, a Oi (OIBR3) planeja levar os serviços de fibra óptica a 8,6 milhões de domicílios até o final de 2020.

No ano passado, a companhia conseguiu disponibilizar o serviço para 4,6 milhões de casas brasileiras, abrangendo o total de 86 municípios.

Este ano, a projeção é entrar em outras 44 cidades, concentrando os esforços neste segmento, que é o mais rentável em termos de custo-benefício para a empresa.

Segundo o diretor-presidente da Oi, Rodrigo Abreu, a operadora conseguiu cumprir cerca de 80% do planejamento proposto para busca novas alternativas de financiamento.

O executivo citou ações como o recebimento de créditos fiscais de PIS/Cofins no valor de R$3,1 bilhões e a venda da participação da companhia na Unitel, uma importante operadora da Angola.

No último trimestre de 2019, a Oi obteve uma receita de R$124 milhões com os serviços de fibra óptica, o que equivale a um crescimento de 59% em relação aos três meses imediatamente anteriores.

Abreu também comentou que o avanço do coronavírus ainda não prejudicou as operações da companhia, explicando que 70% dos empregados estão trabalhando em casa.

A operação de vendas de aparelhos de telefonia está sofrendo com o fechamento das lojas, porém, os serviços de fibra óptica estão normais devido ao alto índice de comercialização pela internet e call center.

“Estamos preocupados com a segurança dos nossos colaboradores e dos nossos parceiros” – enfatizou o diretor-presidente, acrescentando que a empresa possui um plano de contingência para enfrentar a situação.


Sobre o autor